O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, assinou na sexta-feira decreto liberando R$ 14,5 milhões para a compra de máquinas agrícolas e execução de serviços de construção e recuperação de estradas rurais e urbanas, visando melhorar as condições de escoamento da produção agropecuária paulista.
As novas aquisições vão atender 76 consórcios intermunicipais que integram o Programa Pró-Estrada, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento, e vão beneficiar um total de 431 municípios. O estado vai transferir os recursos aos consórcios, responsáveis pela aquisição dos equipamentos.
Criado em 2000, o Pró-Estrada previa a formação dos consórcios intermunicipais compostos de cinco ou seis municípios que adquiriram o conjunto de máquinas: trator de esteira, motoniveladora, pá-carregadeira e retroescavadeira. Estes municípios têm até 60 meses para pagar e agora terão este incremento para investir em outros tipos de equipamentos e serviços. O objetivo do programa é tornar os produtos agrícolas paulistas mais competitivos, melhorando a malha viária municipal, principal responsável pelo escoamento dos bens produzidos.
O secretário de Agricultura e Abastecimento, Duarte Nogueira, afirmou que o programa já recuperou mais de 25 mil quilômetros de estradas rurais. O valor de R$ 14,5 milhões é resultante do depósito efetuado pelos próprios municípios. Os que participam do Pró-Estrada há mais tempo receberão um maior volume de recursos e devem procurar a Secretaria da Agricultura e Abastecimento para apresentar seu plano de trabalho. “Este dinheiro será usado a fundo perdido, nenhuma prefeitura vai pagar”, explicou o governador.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui