Em reunião com o Presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, o diretor-geral do DNIT, Luiz Antonio Pagot, apresentou estudos para ampliação de investimentos do governo federal em obras de infra-estrutura rodoviária no estado de Mato Grosso.

Participaram do encontro os ministros: da Fazenda, Guido Mantega, dos Transportes, Alfredo Nascimento, do Planejamento, Paulo Bernardo, além da ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff.

O presidente Lula aprovou a ampliação dos investimentos do Programa de Aceleração do Crescimento – PAC – para Mato Grosso a partir da exposição de motivos apresentada pelo diretor-geral do DNIT. A previsão é de que os recursos serão empenhados ainda em 2009.

Para a BR-364 ficaram garantidos recursos para implantação e pavimentação de 106,4 quilômetros entre os municípios de Mundo Novo e Sapezal – além do sub-trecho Deciolândia/ Itamarati Norte – inaugurado na semana passada. Para esta extensão já estão garantidos R$ 60 milhões, que serão aplicados em 2009. O investimento total previsto é de R$ 134,8 milhões até 2010.

A obra tem recursos do PAC e será executada em convênio com a Secretaria de Infra-estrutura de Mato Grosso – Sinfra.

Travessias Urbanas

A partir do primeiro semestre de 2009 também serão aplicados cerca de R$ 40 milhões nas obras de adequação de capacidade de travessias urbanas no estado. Contemplados pelo PAC estão os trechos da BR-163 que passam pelos municípios de Nova Mutum, Lucas do Rio Verde, Sorriso e Sinop. As obras serão realizadas em convênio com as prefeituras e têm conclusão prevista para 2010, quando os investimentos totalizarão R$ 100 milhões.

Para Nova Mutum está prevista a adequação de 7,8 quilômetros, no valor de R$ 28,1 milhões; Lucas do Rio Verde receberá investimentos no valor de R$ 6,2 milhões, para adequação de 3,2 quilômetros; Sorriso terá adequação de 14 quilômetros, com investimentos de R$ 30 milhões; Sinop terá R$ 35,7 milhões para a adequação de 11 quilômetros da BR-163.

Além dos recursos do PAC, serão liberados também recursos para as seguintes travessias urbanas: BR-163 – Peixoto de Azevedo: R$ 1,5 milhão; BR-163 – Ouro Branco (município de Itiquira), R$ 1 milhão.

Serão destinados, também, R$ 6 milhões para o contorno rodoviário norte de Cuiabá e R$ 6 milhões para a BR-364, no contorno do município de Comodoro.