O governo vai investir na recuperação das estradas federais danificadas pelas chuvas e em novas obras na área de transportes nos próximos meses. Segundo o diretor em exercício do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (DNIT), Ricardo Correia, o governo quer restaurar o que foi danificado e ao mesmo tempo investir em ações positivas para o governo. “Precisamos de coisas positivas. A meta é recuperar as estradas das chuvas e lançar coisas novas”, disse.

Uma das ações consideradas positivas pelo diretor do DNIT, além dos reparos nas estradas, é a duplicação da BR-101 no trecho que liga Porto Alegre a São Paulo. A licitação para as obras foi aberta na última sexta-feira e, segundo o diretor, os custos para a duplicação serão da ordem de R$ 1,2 bilhão.

Ricardo Correia admitiu que os recursos liberados pelo governo até agora para a recuperação das estradas danificadas pelas chuvas foram abaixo dos calculados pelo DNIT. “As necessidades são maiores do que foi liberado. Para resolver os problemas precisamos de um pouco mais”, defendeu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui