Na próxima segunda-feira, dia 15, o Grupo de Resgate ao Trauma, entidade filantrópica que atua de forma voluntária no atendimento de urgência a vítimas de acidentes de trânsito e domésticos no entorno da RS-118, inicia o terceiro Curso de Atendimento Pré-Hospitalar através do método de suporte básico de vida. Com duração de 40 horas/aula, o curso teórico e prático habilita o socorrista ao atendimento a vítimas de qualquer acidente, como afogamento, queimaduras, intoxicação, trânsito, além de mal súbito, trabalho de parto, etc.

Do programa constam disciplinas como Anatomia e Fisiologia, Cinemática do Trauma, Avaliação de Sinais Vitais e Reanimação Cárdio-respiratória. Reconhecido pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC) através da parceria com a Associação Cristã de Moços, o curso será realizado na sede da ACM, na rua Washington Luiz, 1050, centro de Porto Alegre. As inscrições podem ser feitas no local até o início das aulas, que acontecem das 19h às 22h15min, até sexta, além dos dois sábados seguintes (aulas e provas práticas). A inscrição custa R$ 120,00.

SOBRE O GRT

Criado em maio de 2003 e operando desde setembro, o Grupo de Resgate ao Trauma atua de forma ininterrupta em todos os finais de semana, entre às 20h de sexta-feira até às 22h de domingo. É mantido apenas por doações e pela renda obtida com os cursos de Atendimento Pré-Hospitalar, realizados em parceria com a Associação Cristã de Moços (ACM), de Porto Alegre.

Através de um convênio sem visar lucros assinado no final de 2003 com a Polícia Rodoviária Federal, o GRT fez atendimentos de urgência na BR-101, entre Osório e Torres, durante a Operação Verão. O êxito da experiência estimulou a PRF a manter esse trabalho conjunto – utilizando uma UTI móvel da corporação – durante este ano, em feriados prolongados ou finais de semana em que o movimento na rodovia federal seja mais intenso.

Fazem parte do grupo cerca de 60 voluntários, em sua maioria profissionais e acadêmicos de Medicina, Radiologia e Enfermagem. Também há policiais militares, rodoviários, bombeiros, técnicos de segurança no trabalho e profissionais liberais. Na base operacional, localizada no km 4 da RS-118, na confluência dos acessos a Sapucaia do Sul e Esteio, o grupo conta com rádio-comunicador, linha direta de emergência (fone 453-1767) e duas viaturas: um carro-resgate e uma ambulância Renault Traffic, cedida em comodato pela ACM.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui