O incêndio em uma carreta no km 66 da pista Rio-São Paulo da via Dutra, em Guaratinguetá, na madrugada de ontem causou um congestionamento de oito quilômetros e a paralisação total da pista durante quase quatro horas.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal, foram registradas várias explosões de pequena proporção na pista porque a carreta transportava botijões vazios de GNV (Gás Natural Veicular).

O motorista da Scania de Leopoldina (MG) abandonou o veículo no início do incêndio e não sofreu ferimentos.

Os policiais rodoviários orientaram os usuários da rodovia a usarem os acessos alternativos entre Lorena e Guaratinguetá para evitar que congestionamento fosse ampliado.

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o motorista do caminhão, Odair da Silva, 38 anos, disse que tentou conter o fogo na roda traseira, usando o extintor do caminhão, mas as chamas se alastraram rapidamente. O fogo consumiu totalmente o veículo.

O começo do incêndio foi às 3h15 e a pista só foi liberada pela equipe da NovaDutra, concessionária que administra a rodovia, às 7h de ontem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui