O principal pólo de desenvolvimento do interior do Estado recebeu esta noite (27) o maior pacote de investimentos de sua história. São R$ 80,2 milhões aplicados pelo governo do Estado no progresso e no bem-estar da população de Dourados, mas que também fortalecem uma antiga parceria entre o governo estadual e a prefeitura municipal.

“Cada recurso aplicado pelo Estado terá uma resposta positiva do povo de Dourados. Temos a convicção de que caminhar em parceria é uma arte, por isso intensificamos o diálogo com o governo, apesar das diferenças políticas”, afirmou o prefeito Laerte Tetila.

Além de promover desenvolvimento, os projetos e investimentos lançados pelo governador André Puccinelli durante solenidade geram mais de 4100 empregos e fomentam a diversificação econômica de Mato Grosso do Sul. São obras de pavimentação, modernização aeroportuária, duplicação de rodovias, saneamento básico, saúde, educação, habitação, esporte e lazer.

“O Estado é o executivo, o parlamento, o judiciário. Mas também é principalmente a sociedade. Para termos um Mato Grosso do Sul forte é necessário existir união de todos em torno de um ideal de desenvolvimento. O governo é feito por todos nós”, lembrou o governador durante seu discurso.

Os investimentos lançados

Para a infra-estrutura, o pacote prevê abertura de licitação para execução de obras de asfaltamento na área urbana de Dourados. São mais de 210 quadras de asfalto novo e de recapeamento, totalizando 148 mil m². Serão investidos R$ 9,2 milhões para execução das obras, que incluem 6 mil metros de redes de drenagem de águas pluviais.

Dourados também conquista investimentos na área de saneamento básico. O governador André Puccinelli autorizou a licitação de mais R$ 37,7 milhões, que beneficiam 300 vilas e bairros populares. São 266,4 km de redes coletoras de esgoto e mais 46 km de redes de distribuição de água. Além desses recursos, outros R$ 52 milhões já estão sendo aplicados em água potável e esgotamento sanitário. São R$ 10,5 milhões do Governo do Estado e o restante do Governo Federal, através do PAC.

O governo também aplica mais de R$ 18,5 milhões em três frentes de pavimentação asfáltica no município: asfaltamento do acesso a Dourados a partir da Rodovia MS-379, no trecho que fica entre a rodovia para Ponta Porã e o Cemitério Parque Primavera, orçada em R$ 2,7 milhões; duplicação e iluminação da rodovia MS-156, no trecho de 12 km entre Dourados e Itaporã e pavimentação da MS-276, ligando o Distrito de Indápolis a Lagoa Bonita.

O transporte em Dourados também melhora com a ampliação e revitalização do aeroporto municipal. A pista será estendida e as instalações adequadas para que Dourados possa receber aviões comerciais de maior capacidade com mais segurança.

Para a educação o governador André Puccinelli autorizou as reformas das escolas estaduais Menodora Fialho de Figueiredo e Presidente Tancredo Neves. Também dá ordem de serviço para o início das obras de construção da Escola Estadual Indígena Marçal de Souza, na Aldeia Jaguapiru. Já a Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul recebe R$ 2,8 milhões para conclusão de salas e laboratório de pesquisa.

Dourados já recebe R$ 24,4 milhões na construção de 1.028 casas populares. Já foram entregues para a população 304 unidades; 354 casas estão em fase de conclusão e outras 370 iniciam imediatamente o processo de construção com a assinatura das ordens de serviço. São 40 casas na Vila Palmeiras, 200 casas para indígenas das aldeias Bororó e Jaguapiru e 130 casas na área rural.

A segurança pública também recebe atenção. O governo já investiu R$ 6 milhões na recuperação do presídio Harry Amorim Costa, na construção da cadeia linear e entregou 18 veículos para as forças policiais. Os investimentos prosseguem com a reforma do prédio da Primeira Delegacia de Polícia Civil, conclusão das obras de ampliação da sede do Detran e para a pavimentação da Pista de Teste.

Após aumentar em mais de quatro vezes o valor dos repasses para a saúde em Dourados (que chegam a R$ 1,8 milhão ao ano), o governo entregou ao Hospital Universitário durante a solenidade equipamentos avaliados em R$ 2,2 milhões. São eles microscópio cirúrgico para otorrino, caixa para neurocirurgia, biometro oftalmológico, videogastroscópio de alta resolução de imagem, videocolonoscópio eletrônico e aparelho de anestesia.

O esporte e o lazer da população também recebem novos recursos. Foram aplicados R$ 1,1 milhão no Parque Alvorada. O projeto, que recebeu sinal verde para execução nesta sexta, prevê praça com paisagismo moderno, equipamentos de lazer, novo campo de futebol, quadras esportivas e toda infra-estrutura para convivência.