De acordo com a PRF, 40 veículos passavam por minuto na

barreira

O movimento de saída da cidade rumo aos balneários foi

intenso na tarde de ontem, na rodovia BR-316. De acordo com

o policial rodoviário federal, Gerson Dutra, cerca de 40

veículos passaram por minuto pela barreira da Polícia

Rodoviária Federal (PRF), em Ananindeua, entre 15 horas e

18h30, considerado período de pico de saída de carros da

cidade. Durante a noite, a média de veículos no local

voltou à normalidade. Mas, na manhã de hoje, a expectativa

é de que a movimentação seja ainda maior.

O policial rodoviário Gerson Dutra, que estava de plantão,

ontem, na barreira da PRF, em Ananindeua, destacou também

que o trânsito ficou bastante lento durante toda a tarde,

em função do grande congestionamento de veículos saindo de

Belém.

Tal afirmação pôde ser comprovada pela equipe de

reportagem, que acompanhou um grande congestionamento não

só na rodovia BR-316, mas na avenida Almirante Barroso, no

trecho compreendido entre a avenida Júlio César até o

Entroncamento.

Para tentar melhorar o fluxo de veículos nas rodovias do

Estado e tentar reduzir o índice de acidentes, a Polícia

Rodoviária Federal está colocando 225 policiais em regime

de escala, em dez rodovias federais do Estado durante a

realização da Operação Verão , que está sendo desenvolvida

durante todos os finais de semana do mês de julho.

O Núcleo de Operações Especiais (NOE) também tem reforçado

a fiscalização e o policiamento, nas áreas mais críticas em

relação a acidentes, como as rodovias BR-010 e BR-316,

sendo que a última, principalmente, entre o Entroncamento e

o município de Benevides.

De acordo com informações da PRF, do início do mês de julho

até agora, as principais causas dos acidentes foram o

excesso de velocidade, a imprudência dos condutores e

pedestres, e a não observação da distância mínima de

segurança entre os veículos, principalmente nos trechos

onde ocorrem congestionamento do tráfego na rodovia.

Durante os primeiros 20 dias de operação foram apreendidos

460 metros cúbicos de carvão vegetal e 119 metros cúbicos

de madeira que estavam sendo transportados irregularmente.

Além disso, foram detidas 23 pessoas e apreendidas 29

armas.

Os policiais rodoviários federais estão realizando rondas

periódicas, enfatizando fatores da segurança de trânsito,

quanto ao excesso de velocidade, ultapassagens indevidas,

consumo de bebidas alcoólicas, uso do cinto de segurança,

equipamentos obrigatórios dos veículos e transporte

clandestino de passageiros.

A PRF recomenda aos condutores que planejem a viagem antes

de sair de casa, verificando as condições do veículo, dos

equipamentos obrigatórios e validade do licenciamento e

habilitação. E, ao dirigir um veículo, orientam que o

condutor não deve ingerir bebida alcoólica.

Além disso, a PRF destaca que é prudente evitar dirigir

durante à noite ou por longos períodos de tempo. Na

estrada, o motorista também não deve se descuidar nem por

um minuto, tendo muita atenção ao realizar ultrapassagens e

só ultrapassar quando tiver certeza de que é seguro.

Índices diminuem

Segundo a inspetora Selma Dias, superintendente da PRF,

desde que foi iniciado o reforço, os índices negativos nas

estradas diminuíram. Na primeira semana de julho foram

registradas 20 ocorrências e, no último, 17. A distância

entre os carros e a falta de atenção do motorista ainda são

as principais causas de acidentes. Em relação às multas,

80% são originadas pela circulação no acostamento. A

irregularidade custa R$ 574 ao bolso do motorista e ainda

vale sete pontos na carteira de habilitação.

Nos fazemos o nosso trabalho. Orientamos, mostramos como

as coisas devem ser feitas. A culpa continua sendo dos

motoristas. Eles são imprudentes , argumentou a

superintendente. O reforço estará nas ruas até o final das

férias. A nossa preocupação é mostrar o que é certo na ida

para os balneários a fim de que, na saída, possamos

registrar menos acidentes .

Reforço de policiais

A PRF reforçou o controle na BR-316, entre os quilômetros

zero e dez, trecho considerado o mais perigoso na estrada.

Desde ontem, 30 novos homens estão na barreira de

Benevides, orientando os motoristas sobre os cuidados na

estrada. O comando educativo faz parte da Operação Verão ,

iniciada no último dia 30, nas rodovias federais do Estado.

Entre os dias 1º e 19, exatos 135 acidentes foram

registrados pela corporação. Dez a mais que no mesmo

período em 2005.

Até às 10h30 de ontem, aproximadamente 300 veículos tinham

sido fiscalizados pelas equipes. Neles, os agentes

verificavam nível do óleo, uso do cinto de segurança,

excesso de velocidade, documentos do motorista e do carro,

além do transporte de crianças. O movimento de saída foi

mais intenso à tarde. Outros 700 carros passaram pela

inspeção da PRF até às 21 horas.