Estação Telemétrica da Cetesb já monitora o ar de Bauru 24 horas por dia

A poluição da frota de Bauru, estimada em cerca de 190 mil veículos pela Ciretran (5ª Circunscrição Regional de Trânsito), está na mira das multas da prefeitura.

A cidade já tem em funcionamento uma Estação Telemétrica da Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental) – inaugurada ontem de manhã no Corpo de Bombeiros da Vila Falcão – para monitorar 24 horas por dia a qualidade do ar.

O secretário da Semma (Secretaria Municipal do Meio Ambiente), Valcirlei Gonçalves da Silva, afirma que agora o município passa a ter uma documentação oficial para basear seus trabalhos.

“Caso a poluição alcance níveis de alerta nossa intenção primeiro é orientar os motoristas de veículos mais antigos ou poluentes. E depois, se necessário, propor leis e multas para puni-los.”

A gerente da divisão de qualidade do ar da Cetesb, Maria Helena Martins, diz que a estação medirá a concentração de partículas inaláveis (poeira), óxido de nitrogênio e ozônio, além da temperatura, umidade relativa do ar, direção e velocidade dos ventos. “No Interior as maiores fontes poluidoras estão na frota antiga e nas queimadas da cana.”

Funcionam 30 estações de monitoramento do ar no Estado, sendo 21 na região metropolitana. O projeto da Cetesb para instalar mais estações no Interior é orçado em R$ 7 milhões. Até o fim do ano a meta é ter 40 estações no Estado. Na região também foram abertas ontem unidades em Jaú e Marília.

Acompanhe a qualidade do ar de hora em hora
Site: www.cetesb.sp.gov.br

Tecnologia é a mesma usada na Europa
Desde 1992 a Cetesb utiliza as estações de medição da qualidade do ar fabricadas pela indústria italiana Project Automation.

Ontem, na inauguração em Bauru, estava presente seu diretor para vendas no exterior, italiano Ermanno Mapelli. “Essa estação é a mesma que utilizamos na Europa. Ela envia automaticamente por uma linha telefônica os dados das medições para uma central de computadores, que neste caso fica em São Paulo”, fala.

A empresa, que tem 30 anos de atuação, implantou estações também em países como Turquia, China e Taiwan. Ermanno visitou ontem pela primeira vez o Interior. “O ar sem dúvida cheira muito bem aqui, mas só as máquinas podem dizer sua qualidade”, brinca.

Escalas
A Estação Telemétrica classifica a qualidade do ar em cinco níveis: boa, regular, inadequada, má e péssima.

Não se deve queimar mato e principalmente lixo ao ar livre. Mas os veículos de uma forma em geral são os principais emissores de poluentes nos centros urbanos.

A orientação da Cetesb para diminuir esse impacto é manter os veículos regulados e os pneus calibrados.

Trinta e seis veículos com excesso de fumaça preta causada por motores desregulados foram autuados ontem durante ação entre Cetesb e Polícia Rodoviária na rodovia Marechal Rondon. A multa é de R$ 850.