As obras de melhoria dos acessos aos povoados de Massagueira e à praia do Saco, no Litoral Sul do Estado, cujas ordens de serviço foram assinadas nesta sexta-feira, pelo governador Teotonio Vilela Filho, foram consideradas importantes pelas respectivas comunidades, formadas principalmente por pessoas que vivem da atividade turística, a exemplo dos proprietários de bares e restaurantes, que são referência para o setor em Alagoas.

Para a execução dos serviços dos 2,1 km de acesso, desde a AL-101 Sul ao povoado de Massagueira, e 1 km de acesso à praia do Saco, serão investidos recursos na ordem de R$ 948,166,12 mil, fruto de convênio firmado entre o Governo do Estado e os Ministérios da Cidade e do Turismo.

Segundo o diretor-presidente do Departamento de Estradas de Rodagem (DER/AL), Ronaldo Lopes, para este ano estão assegurados R$ 750 mil e a contrapartida de 10% do Estado.

Outra ordem de serviço assinada nesta sexta, em Marechal Deodoro, prevê a pavimentação asfáltica de 6 km, desde o trevo da rodovia AL-215, em Marechal Deodoro, até a usina Sumaúma, e mais 1,5 km de estrada a ser pavimentada em direção ao povoado Gilcelândia, onde também será construída uma ponte. Nesta obra serão investidos R$ 3,6 milhões de recursos federais e contrapartida do Governo do Estado. A empresa L. Pereira Engenharia irá executar os serviços sob supervisão do DER.

Durante as assinaturas das ordens de serviço, que também contemplarão serviços de esgotamento sanitário, construção de ginásio poliesportivo, escolas e praça na região de Marechal Deodoro, Teotonio Vilela agradeceu a sua equipe e ao empenho da bancada federal de Alagoas em trazer recursos para obras de infra-estrutura no Estado, “que trarão não só benefícios para os moradores como, também, reforçarão o turismo, que precisa destes recursos para cada vez mais atrair novos investidores, a exemplo de grupos hoteleiros, que vão proporcionar mais emprego e renda aos alagoanos”, destacou o Governador.

Ainda na tarde desta sexta-feira, o governador Teotonio Vilela e o diretor-presidente do DER, Ronaldo Lopes, assinam, em Arapiraca, a autorização para a retomada das obras de reforma e ampliação do terminal rodoviário do município, o segundo maior do Estado. Vão ser liberados R$ 500 mil para o reinício dos trabalhos. Toda a obra está orçada em R$ 2,9 milhões, com recursos próprios do Governo do Estado.

Estiveram presentes às solenidades de assinatura de ordens de serviço em Marechal Deodoro, os secretários de Estado e o adjunto de Infra-Estrutura, Marco Fireman e Fernando Nunes, respectivamente; o senador Euclides Mello, entre outras autoridades e moradores da região.