O hábito dos motociclistas de trafegar entre os carros pode ter de mudar. Está sob a análise da Comissão de Viação e Transportes o Projeto de Lei 2650/03, do deputado Marcelo Guimarães Filho (PFL-BA), que proíbe os condutores de motocicletas, motonetas e ciclomotores de trafegarem entre veículos. O condutor deverá guardar a distância lateral de 1,5 metro dos carros em circulação. O projeto proíbe, ainda, sua circulação nas vias de trânsito rápido.

O Código de Trânsito Brasileiro já prevê que os ciclomotores devem ser conduzidos pela direita da pista, preferencialmente no centro da faixa mais à direita ou na borda direita da pista.

Excesso de acidentes

Marcelo Guimarães afirma que só na cidade de São Paulo, em apenas um ano, 363 motociclistas morreram em acidentes, o que representa “a queda de um Jumbo com jovens entre 18 a 30 anos a cada 12 meses”.

Com o projeto, o deputado acredita ser possível reduzir a quantidade de acidentes envolvendo motocicletas, preservando, assim, a vida dos condutores, já que manobras como as realizadas atualmente no trânsito passarão a ser infrações sujeitas a multas.

O projeto aguarda designação de relator na Comissão de Viação e Transportes. Sujeito a tramitação conclusiva, também será analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Redação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui