Imprudência de um motorista na rodovia estadual PB-073, município de Sobrado (61,4 quilômetros de João Pessoa), resultou ontem na morte de cinco pessoas que estavam em um veículo alternativo. O acidente aconteceu quando uma caminhonete F-4000 tentou ultrapassar um Monza. A caminhonete foi para a pista oposta, quando o condutor viu uma Toyota que vinha em sua direção. Para se livrar da batida frontal a F-4000 foi jogada contra o Monza, matando todos os ocupantes do carro menor e causando engarrafamento por mais de duas horas.
Segundo informações da Companhia da Polícia Militar em Sapé, o acidente ocorreu às 11h30, no trecho da rodovia próxima de uma indústria de mineração. De acordo com a polícia, o Monza de placas KFK-9600 estava saindo de Sobrado em direção à BR-230, sendo seguido pela F-4000, de placas MOK-4669. Perto de uma curva à direita a caminhonete ultrapassou o Monza e na contramão viu a Toyota do Insti-tuto de Colonização e Reforma Agrária (Incra) de placas MMR-3421.
O condutor da F-4000 jogou o carro contra o Monza para livrar a batida frontal no carro do Incra. Com o impacto no Monza, o carro menor rodou na pista e ainda bateu na lateral da Toyota. O motorista da F-4000 fugiu do local momentos depois do acidente e quando a polícia chegou já encontrou os cinco ocupantes do Monza mortos e o da Toyota com lesões leves.
As vítimas fatais foram o motorista alternativo Aucicleber de Paiva Alves, o funcionário do Fisco José Carlos Ferreira, o porteiro Severino José da Silva, Ana Cristina da Silva Marcolino e Ana Paula de Oliveira. Os corpos ficaram presos entre as ferragens e foram retirados com a ajuda de soldados dos Bombeiros. O acidente parou o trânsito e um engarrafamento de mais de 200 metros foi registrado, até a chegada da Polícia Rodoviária Federal, que junto com a PM organizaram um desvio por uma das vias.
O motorista da Toyota, José Ferreira da Silva, que freou quando viu a F-4000 e mesmo assim foi atingido, foi liberado para voltar para casa, em João Pessoa. Os cinco corpos ficaram na rodovia até a metade da tarde, quando então foram recolhidos pelo carro do Depar-tamento de Medicina Legal (DML). O motorista da F-4000 está sendo procurado pela polícia por ser acusado da infração que resultou em cinco mortes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui