O trânsito no Anel Rodoviário, no sentido Vitória (ES), deve ficar mais lento por pelo menos 15 dias, perto da avenida Cristiano Machado. A causa do transtorno são as intervenções da última fase da Linha Verde. A alça de ligação da rodovia com a Cristiano Machado, na altura do bairro São Paulo, foi fechada e houve estreitamento da pista da rodovia.

Ontem, segundo dia do fechamento da alça, a Polícia Rodoviária Estadual (PRE) registrou cerca de 5 km de congestionamento pela manhã no Anel Rodoviário.

Os motoristas que passarem pelo via e quiserem seguir rumo a Cristiano Machado deverão fazer o desvio pela rua São Gregório, pegar o viaduto sobre a linha do metrô e entrar à esquerda na avenida.

Os itinerários e pontos de embarque e desembarque dos ônibus urbanos foram alterados. De acordo com a Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTrans), os pontos das linhas 811, 3502, 3503A, S53, 5502A, 5502B, 5523, 80 e 8350 foram ativados nos pontos seguintes mais próximos.

A orientação para os alunos da PUC São Gabriel, que tem o centro como destino, é pegar ônibus na rua Anapurus, em frente ao número 41.

Atenção. Os condutores devem ter mais atenção também no trecho da avenida Cristiano Machado, sentido centro, entre a estação São Gabriel e a rua Coronel Jairo Pereira, no bairro São Paulo, onde o trânsito foi desviado para a pista elevada construída no local.

Durante as primeiras horas da ativação do desvio ontem, a partir das 11h40, não havia registro de lentidão ou congestionamento. Nesse local, o ponto de ônibus próximo ao número 5.100 foi transferido para o 5.482.

Os locais ficam fechados até o fim das obras da última parte da Linha Verde. A previsão da BHTrans é que entre 15 a 30 dias a situação esteja normalizada.

A Linha Verde tem o objetivo de melhorar a fluidez do tráfego entre a área central de Belo Horizonte e o aeroporto internacional, no município de Confins.