A equipe de fiscalização do Departamento de Estradas e Rodagem (DER) vai ganhar um reforço para combater o transporte clandestino realizado por vans e ônibus “genéricos” que levam passageiros capital para o interior do Estado. De acordo com o assessor técnico da Subsecretaria de Transportes, Lindberg Garcia, as quatro equipes que fazem blitz itinerantes no hipercentro da capital, em três turnos, podem ser reforçadas pelos 75 novos servidores que serão capacitados para atuar na fiscalização a partir de novembro. “A nossa fiscalização vem se adequando gradativamente. Essas quatro equipes são suficientes para o trabalho no hipercentro, mas podem ser reforçadas com esses novos fiscais.

Se o motorista clandestino escapar da blitz no centro, com certeza ele vai ser pego nas rodovias.” Na última segunda-feira, a reportagem de O TEMPO flagrou motoristas fazendo o transporte irregular de passageiros na praça da Estação. Com os novos servidores, o efetivo do DER nas rodovias mineiras será aumentado em 38%. Eles estarão capacitados também para fiscalizar obras, estado das rodovias e a segurança das vias no que diz respeito à autuação de motoristas infratores. “Esse trabalho tem múltiplas atividades dentro da área de transporte. Não só o transporte em si, mas nas rodovias de Minas, como também o estado de conservação, avaliação de como estão determinadas obras de arte, quedas de barreira em épocas de chuva”, explicou Garcia. Para fazer o monitoramento, o DER adquiriu neste ano viaturas equipadas com notebook conectados à Internet, sirenes giroflex e megafone.

Novos agentes

Formatura. A BHTrans pode colocar nas ruas mais cerca de 28 agentes de transporte e trânsito que se formaram na semana passada no curso promovido pela empresa. Todos estão aptos para atuar na fiscalização.