ACIMA DO PESO: Levantamento da concessionária RioSP mostra que os caminhoneiros que circulam na Via Dutra estão com o peso acima do normal. Essa realidade retrata a maior parte do que se vê nas estradas brasileiras. Foto: Aderlei de Souza/Ilustrativa

Levantamento feito pela concessionária RioSP, responsável pela rodovia, mostra a realidade dos profissionais da estrada, que detêm outras enfermidade, como: diabetes e hipertensão

Um dado alarmante e também preocupante acompanha a vida de muitos profissionais nas estradas brasileiras: 63% dos caminhoneiros estão com o peso acima do limite saudável. Esse número é fruto de um levantamento feiro pela concessionária RioSP, responsável pela Via Dutra (BR-116) e Rio-Santos (BR-101), realizado entre janeiro e junho deste ano.

Segundo a concessionária, no Dia Nacional da Saúde, celebrado nesta sexta-feira (5 de agosto), haverá o reforço aos atendimentos realizados no posto Arco-Íris, no km 82 da Via Dutra, em Roseira (SP), desenvolvidos pelas equipes do programa Caminhos para a Saúde.

De acordo com o levantamento, de um total de 591 caminhoneiros, 367 estão acima do peso. Além disso, as equipes descobriram que outras duas doenças diretamente ligadas ao sobrepeso (hipertensão e diabetes) fazem parte da rotina de quem passa a maior parte do tempo dentro da boleia.

Segundo o gerente da concessionária, Virgílio Leocádio, as longas horas da jornada de trabalho, a alimentação desregrada, a falta de atividade física, o sono reduzido e o estresse podem desencadear problemas graves de saúde. “O ideal é o motorista fazer sempre que possível uma alimentação mais saudável e leve. A boa alimentação melhora a disposição do motorista evitando que ele dirija cansado ou com sono reduzindo as chances de ocorrências na rodovia”, recomenda Leocádio.

2 milhões nas estradas

Atualmente, o Brasil tem, aproximadamente, dois milhões de motoristas profissionais que circula pela rodovias de norte a sul, segundo dados da Confederação Nacional do Trabalho (CNT).

O relatório mostra também que a maioria desse público dirige por horas, dias ou até mesmo semanas sem ter tempo de manter hábitos saudáveis com horários flexíveis de alimentação. Esse descuido traz sérios riscos à saúde do caminhoneiro, sendo a obesidade o principal deles.

SAÚDE BUCAL: Além dos serviços médicos e de enfermagem, os caminhoneiros têm à disposição atendimento odontológico gratuito, de segunda a sexta, das 9h às 13h no posto Arco-Íris. Foto: Divulgação/CCR RioSP

Atendimento odontológico

No mesmo período, o posto do programa Caminhos para a Saúde realizou 384 atendimentos odontológicos que resultaram em 966 procedimentos. Essas dados são colhidos levando em consideração que um motorista pode fazer mais de um procedimento odontológico. Hoje, o posto oferece os seguintes serviços:

  • diagnóstico
  • periodontia
  • aplicação de flúor
  • restauração
  • raspagem de tártaro
  • extração simples
  • atendimentos de emergência

Caminhos para a Saúde

No ponto fixo do Caminhos para a Saúde, no km 82 da Via Dutra, no Posto Arco-Íris, em Roseira, no Vale do Paraíba (SP), o caminhoneiro pode realizar os seguintes exames:

  • glicemia
  • colesterol
  • pressão arterial
  • acuidade visual
  • cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC)

Além disso, o profissional tem à disposição tratamentos odontológicos preventivos, como os citados anteriormente. Tudo de graça.

Desde fevereiro deste ano, o Instituto CCR, responsável pela gestão de investimento social do Grupo CCR, da qual a RioSP faz parte, ampliou o seu tradicional programa ‘Estrada para a Saúde’, criado há mais de 20 anos.

O programa foi rebatizado e, agora, se chama Caminhos para a Saúde, medida que tem o objetivo de marcar a expansão dos serviços gratuitos de saúde para novos públicos, incluindo aqueles ligados aos modais de mobilidade/trilhos e de aeroportos.

Serviço:

Caminhos para a Saúde

Onde: Posto Arco-Íris, no km 82, pista sentido Rio, em Roseira (SP)

O que oferece gratuitamente: Dentista, de segunda a sexta, das 9h às 13h; Enfermagem: de segunda a sexta, das 8h às 17h; e Médico: de terça a quinta, das 13h às 16h

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui