As obras de recuperação e recapeamento da rodovia AM-010 -a Manaus-Itacoatiara-, trecho que parte de Itacoatiara até o Rio Preto da Eva- voltaram a ser implementadas novamente. Trata-se de uma área de 100 quilômetros que vinha sendo trabalhado desde o ano passado, cujas obras foram paralisadas no final do ano e que foram reiniciadas ontem, segundo informou o secretário de Infra-Estrutura, Marco Aurélio.

O secretário explicou que a paralisação aconteceu em dezembro por conta das férias coletivas concedidas pela empresa responsável pela obra, a Pampulha Construções, aos seus trabalhadores, em razão das festas de fim de ano. “A informação de que a estrada estaria abandonada não corresponde, portanto, com a realidade”, destacou.
“Podemos dizer que hoje a AM-010 é a rodovia estadual que mais tem recebido atenção do governo do Estado desde 2003”, disse o secretário de Infra-estrutura, lembrando que “ao longo desses anos a Seinf vem mantendo contratos para a manutenção em toda sua extensão, principalmente nesse ano de 2007”, completou.

Segundo Marco Aurélio, o governador Eduardo Braga determinou o recapeamento de todo o pavimento da AM-010 no trecho que parte de Itacoatiara até o Rio Preto da Eva -uma extensão de 190 quilômetros. O primeiro trecho de 100 quilômetros está sendo trabalhado desde o ano passado. “Esse contrato está em vigor, a empresa está trabalhando, e pelo menos vinte quilômetros já estão prontos, com o Detran/AM inclusive iniciando a sinalização horizontal e vertical desse trecho”, informou.

O secretário de Infra-Estrutura adiantou ainda que além destes primeiros cem quilômetros iniciados em 2006, já está sendo providenciado, junto à CGL (Comissão Geral de Licitação), a licitação de mais 47 quilômetros para este ano de 2007, o que implica dizer que ficarão faltando apenas 43 quilômetros para completar o trecho entre Itacoatiara e o Rio Preto da Eva.

Serviço interrompido

Com relação ao asfalto, tanto do CAP, que é o cimento asfáltico de petróleo, quanto do CM-30, o breu mole ou pixe, o secretário de Infra-Estrutura lembrou que todo fim de ano a Reman realiza manutenção, interrompendo temporariamente o fornecimento, que deverá ser reiniciado no próximo dia 15.

No que diz respeito aos 80 quilômetros entre Manaus o Rio Preto da Eva, o secretário disse que deverá ser mantido o cronograma de manutenção, uma vez que esse trecho foi recuperado recentemente.

Recuperação de taludes

Além, na AM-010 o Estado também está com mais um processo licitatório em andamento, este para a recomposição dos taludes de corte e aterros, naqueles pontos mais críticos, ou seja, naqueles lugares onde normalmente no inverno acontecem deslizamentos e quedas de barreira – muitas vezes interrompendo o trânsito.

Nesses trechos a Seinf garante que vai recuperar, ao longo de 2007, todos os taludes de cortes e aterros que apresentem algum sinal de risco para o tráfego nessa rodovia.
Além disso, os serviços de manutenção de todo o outro trecho não trabalhado na sua recomposição vai ser licitado também, ou seja, ao longo de todos os 270 KMs dessa rodovia, o Estado tem tido a preocupação de manter contratos permanentes de recuperação, recomposição e sinalização para que os usuários da rodovia, tanto no sentido de Itacoatiara para Manaus quanto no sentido inverso, tenham conforto e segurança.