A Secretaria de Estado dos Transportes (Setrap) prevê para o mês de dezembro deste ano a conclusão das obras de asfaltamento de 36 quilômetros da Rodovia AP-70. O trecho a ser asfaltado inicia no final da área pavimentada da Rodovia do Curiau até a ponte de acesso ao Distrito de Abacate da Pedreira. O serviço, segundo Odival Monterrozo, secretário de Transportes, irá facilitar o acesso da trafegabilidade de veículos nessa região e o escoamento agrícola para a capital.

O governador em exercício, Pedro Paulo Dias de Carvalho (PP), esteve na quinta-feira, 11, no local e avaliou o andamento dos serviços. “São quase 19 horas e percebemos que os operários continuam trabalhando na estrada. Isso nos deixa satisfeito porque sabemos que este projeto foi um dos inúmeros compromissos de campanha do governador Waldez Góes”.

QUALIDADE – Para o governador, o serviço de terraplanagem e imprimação asfáltica executado na Rodovia é de qualidade. O governador entende que o serviço é mais uma das vertentes do programa de obras estruturantes do Governo Waldez Góes. A área asfaltada integra o chamado “Eixo Viário de Integração Leste”.

Conforme o secretário, Odival Monterrozo, o asfaltamento da Rodovia AP-70 terá um custo de R$ 15 milhões.

Ele destacou ainda o ritmo de trabalho de asfaltamento da BR-156, trecho que vai desde o município de Tartarugalzinho até a Comunidade do Breu. Ele prevê também para dezembro a entrega desta obra. O serviço na BR-156 consumirá cerca de R$ 35 milhões.

PRIORIDADE- O governador em exercício considerou o asfaltamento da AP-70 como um dos projetos mais importantes da administração Waldez Góes para este ano. “Esse ritmo de trabalho empreitado agora reflete as demais ações de nosso governo, cujo propósito é garantir a melhoria da qualidade de vida da população com desenvolvimento e justiça social”.

Pedro Paulo não tem dúvidas que até o final deste ano, o Governo do Estado avançara em muitos outros projetos. Projetos, que segundo ele foram elaborados e pensados conforme as necessidades da população. Ele destacou que a elaboração do Plano Plurianual do Amapá (PPA), de iniciativa do Governo do Estado em consonância com os anseios da sociedade civil organizada, foi um dos grandes exemplos de democracia de seu governo. “Fomos eleitos para responder aos anseios e expectativas do povo e iremos cumprir isso a risca”, observou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui