Devido aos roubos ocorridos nos últimos dias, Brigada anunciou operações nos coletivos e sugeriu a adoção de vigilância eletrônica.

Operações de revista começaram ontem e devem se tornar rotina nos próximos dias.
Olhos eletrônicos estarão espiando o interior de alguns ônibus urbanos de Santa Cruz do Sul a partir dos próximos dias. A instalação de câmeras de vigilância nos coletivos é a alternativa encontrada para coibir a ação de assaltantes no interior dos veículos.

A medida está sendo adotada em conjunto com operações especiais de policiamento.

O anúncio foi realizado ontem pela Brigada Militar. O comandante do 23º Batalhão, tenente-coronel Edson Luiz Chaves Brendler, informou que teve uma reunião com a gerência da TC Catedral, empresa vitimada por quatro assaltos a ônibus nos últimos dez dias. Conforme Chaves, dois ataques ocorreram no Bairro Santo Antônio do Sul e os outros nos bairros Faxinal e Imigrante.

Ele relatou ter sugerido a instalação das câmeras, idéia que foi aceita pela empresa.

Os equipamentos ficarão nos veículos que fazem as linhas nos locais onde ocorreram os roubos. Por sua vez, a Brigada começou ontem operações de abordagem e revista a passageiros, em busca de armas.

“As ações vão ocorrer diariamente, em locais e horários alternados”, ressaltou. O comandante anunciou ainda a realização do que chamou e “policiamento discreto”.

Segundo ele, seguidamente haverá PMs à paisana dentro dos ônibus.