Apenas 9,7 quilômetros de pavimentação na MT-222, mais conhecida como rodovia dos Pioneiros, foram autorizados pelo Governo do Estado para este ano. As obras devem iniciar nos próximos 10 dias, dando continuidade ao trecho de 8 quilômetros, concluído no ano passado.

O Estado será responsável pela drenagem, camada asfáltica e sinalização, equivalente a cerca de 50% dos custos. A outra parte será bancada pelos produtores que possuem propriedades às margens da rodovia.

Segundo o gerente administrativo da Associação dos Beneficiários da Rodovia dos Pioneiros, Milton Bill Frazon, uma outra cobrança é a conclusão da cabeceira da ponte no rio Teles Pires, a cerca de 25 quilômetros de Sinop, já em território sorrisense.

A ponte, construída em 2004, recebeu investimentos de R$ 4,5 milhões, porém, uma das cabeceiras não foi feita. “Foi uma ponte cara, mas desde aquela época ainda não foi concluída. Os motoristas utilizam um desvio para conseguir passar”, detalhou Frazon. Conforme ele, são necessários R$ 500 mil para o término.

Outra fase, que está em negociação, é a concessão de 250 mil litros de óleo diesel, pelo Estado, para que seja feito a base em mais 15 quilômetros após a ponte de rio Verde. “Se conseguirmos vamos fazer um grande mutirão e deixar a base pronta para receber a capa asfáltica já no ano que vem”, acrescentou.

A rodovia é utilizada por muitos produtores que plantam soja, milho e outras culturas na região.