Os pedágios da Via Lagos (RJ-124), que dá acesso à Região dos Lagos, e da Rodovia Itaboraí-Friburgo (RJ-116) vão ficar mais caros a partir de agosto. O Conselho Diretor da Agência Reguladora de Serviços Públicos de Transportes Aquaviários, Ferroviários, Metroviários e de Rodovias do Estado do Rio de Janeiro (Agetransp) aprovou nesta quarta-feira, em sessão regulatória, o reajuste anual da tarifa básica do pedágio das duas rodovias. Os motoristas que utilizarem a Via Lagos nos dias úteis pagarão R$ 7,50 e, nos fins de semana e feriados, R$ 11,50. Os valores atuais são, respectivamente, R$ 7 e R$ 10,70.

Na RJ-116, o reajuste elevará o pedágio de R$ 2,80 para R$ 2,90. A estrada tem quatro postos de cobrança, nos municípios de Itaboraí (Km 1,9), Cachoeiras de Macacu (Km 48,8), Nova Friburgo (Km 90,4) e Cordeiro (Km 122,3).

A Agetransp informou que o reajuste anual está previsto nas concessões e tem como objetivo manter o equilíbrio econômico-financeiro dos contratos. As duas concessionárias, Via Lagos e Rota 116, ainda não foram informadas oficialmente dos reajustes, que deverão ser publicados no Diário Oficial.

Para diminuir o número de acidentes na volta das férias, 40 agentes do Detran estarão espalhados de amanhã até domingo no Centro, Zona Sul e Barra e em diversos municípios do estado, como Rio das Ostras, Búzios, Teresópolis e Niterói, promovendo uma campanha educativa para os motoristas. Eles distribuirão folhetos com dicas de segurança.