Ela foi inaugurada há cerca de duas semanas. E representa a segurança absoluta para quem quer atravessar as perigosas pistas de rolamentos de uma rodovia federal. Mas muitas pessoas, geralmente pela pressa, preferem ainda passar por baixo dela, e se arriscarem entre os carros. Agora, caso uma providência não seja tomada rapidamente, outro argumento poderá ser usado para que não se utilize a passarela instalada na BR-101, próximo ao viaduto de Ponta Negra.

Os assaltantes já estão fazendo as primeiras vítimas da nova passarela inaugurada pelo Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transporte. Em agosto deste ano, a TRIBUNA DO NORTE publicou uma matéria sobre aquela e outras duas novas passarelas sobre a BR-101. Na época, um leitor previu em um comentário no site do jornal o que poderia acontecer. “Durante o dia estas passarelas é segurança de travessia depois das 17hs quem uzar vai estar pedindo pra ser asaltado, quem viver verá” (sic), escreveu o visitante.

De fato, testemunhas contam que somente na última segunda-feira, três assaltos foram realizados na passarela perto do viaduto de Ponta Negra. Um ambulante que trabalha no ponto de ônibus mais próximo, em frente à concessionária Salinas, viu a aflição de pelo menos uma das vítimas. E confirmou que a ação dos bandidos é constante.

“Aí é perigoso demais, porque aqui perto tem uma favela”, disse João Maria de Oliveira, que tem um carrinho de lanches há cinco anos no local. Segundo ele, por volta das 21h da segunda-feira, uma estudante desceu aflita da passarela, dizendo que haviam roubado o celular dela. “Ela disse que era uma dupla. Esse pessoal já é conhecido por aqui”, disse a testemunha.

Segundo o ambulante, os mesmos assaltantes já vêm agindo há algum tempo no local, mesmo antes da construção da passarela. “Só que antes eles roubavam as pessoas que passavam por baixo. Agora estão roubando em cima”, disse o homem. Um outro fator que tem facilitado a vida dos criminosos é a escuridão. “Aqui de noite é um breu que dá medo”, denunciou.

A TN entrou em contato com a assessoria de imprensa do DNIT/RN mas não foi possível obter detalhes sobre a iluminação da nova passarela porque os servidores do órgão estão em greve. Além disso, o superintendente, José Narcélio está em viagem, e só retorna a Natal na próxima sexta-feira.