O Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (PRE) sediado em Pelotas será remanejado para São Lourenço do Sul. Assim, a corporação poderá atuar em uma das únicas rodovias estaduais da região de Pelotas, a RS-265, que liga São Lourenço à BR-116. “Teremos uma função mais operacional e de maior importância”, comemora o sargento Adão Roberto Oliveira Costa, comandante interino da PRE, em Pelotas.
Ontem à noite a PRE lançou, já em São Lourenço, o policiamento rodoviário comunitário. A cidade é a segunda da região (a primeira foi Rio Grande) a contar com este sistema que procura aproximar a polícia da comunidade. “A aproximação do policiamento rodoviário das pessoas que residem às margens das rodovias estaduais, agiliza as condições de garantias de cidadania, expandindo a confiabilidade de uma melhor segurança”, descreve.
FUNCIONAMENTO – O trabalho tem como base a conscientização das comunidades sobre a responsabilidade de cada cidadão na prevenção de crimes e da violência em geral.
Pregando uma parceria verdadeira entre policiais e cidadãos, o sistema se destaca por apostar na prevenção e não na repressão de crimes. Para tanto serão realizadas reuniões periódicas com a comunidade, nas quais os problemas deverão ser discutidos e as soluções encontradas por ambas as partes. Um dos principais problemas a serem resolvidos a curto prazo é o combate ao abigeato. Para tanto o comando da PRE pretende se reunir com produtores do município, para estudar uma estratégia de combater este crime.
ESTRUTURA – Dentro de cinco meses deverão estar concluídas as obras de construção do posto da PRE em São Lourenço do Sul. A partir disso todo o efetivo de 16 homens, equipados com três viaturas – incluindo uma caminhonete GM Blazer, recebida esta semana – será deslocado para lá, onde ficarão centralizadas todas as operações da corporação na região. A área de atuação da PRE de São Lourenço do Sul se estenderá até o município de Barra do Ribeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui