Um ônibus da empresa São Felippo foi apreendido, quarta-feira pela manhã, no posto da Polícia Rodoviária Federal, em Santa Maria (DF), por transportar passageiros de forma irregular. O ônibus levava 49 pessoas, sendo 10 crianças. Eles embarcaram em cidades do interior de Alagoas e iam para Ituiutaba, no noroeste de Minas Gerais. A maioria dos adultos viajava à procura de trabalho nas fazendas de cana-de-açúcar da região. Todos pagaram R$ 160 pela viagem.

O veículo tinha licença da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para transportar passageiros por meio de fretamento, na categoria de turismo. Podia fazer viagens, desde que carregasse passageiros em viagem de ida e volta, com guia de turismo. “Mas o ônibus não tinha guia, o motorista estava sem uniforme, dirigia de chinelos e fazia a viagem como se fosse uma linha regular”, explicou o inspetor Dalvimar Lucas, da PRF. As irregularidades renderam multas acima de R$ 5 mil. Os passageiros embarcaram de volta para Alagoas em outro ônibus fretado, que será pago pela São Fellipo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui