Os policiais da Companhia de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE) participam até esta sexta-feira (05/03) de um curso de atualização acerca das resoluções do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). O objetivo é preparar os policiais para situações de orientação e fiscalização de veículos que sofreram modificações. As aulas estão sendo ministradas pelo professor do Departamento de Engenharia Mecânica da UFRN, engenheiro Cláudio Romero Rodrigues. O principal enfoque é a resolução 25 do Contran que legisla sobre as alterações nos veículos.

A iniciativa do curso surgiu com a elevação do número de veículos que fizeram a adaptação do motor para gás natural. “Essa alteração do motor é apenas um de 10 íntens que devem ser fiscalizados pelo Detran e pelos orgãos de inspeção veicular”, ressalta o professor Cláudio. Ele explica que em muitos casos de abordagem, os policiais não atentam para esse tipo de fiscalização por desconhecerem as normas assim como os próprios condutores.

O primeiro passo do Comando Geral da Polícia Militar foi preparar os policiais que atuam na fiscalização de veículos. Após essa preparação a CPRE vai lançar uma campanha educativa para conscientizar os proprietários de veículos da importância de ter o carro fiscalizado e regulamentado a cada modificação. As mais comuns são mudança de cor, adpatação para gás natural, adptação de um veículo de passeio para utilitário entre outras. Muitos motoristas fazem essas alterações sem passar pelo Detran e pelos órgão de inspeção contrariando a resolução do Contran.

A campanha “Carro inspecionado é carro seguro” pretende orientar os donos de veículos. Somente depois de um período de conscientização a fiscalização deve começar. Segundo o professor Cláudio Romero o curso de atualização deve ser oferecido também aos fiscais da Secretaria de Trânsito e Transportes Urbanos (STTU).

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui