O policial federal aposentado Rui Jorge Fortes, de 54 anos, morreu atropelado na madrugada de ontem, na BR-101, na altura do município de Sombrio. O acidente foi registrado por volta de 5h30min. O aposentado dirigia uma caminhonete S-10, com placas IKG-8722, de Santa Maria (RS). Fortes era natural de Santo Ângelo, no Rio Grande do Sul.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF) de Araranguá, o motorista trafegava por uma via marginal da BR-101, num trecho que está em obras de duplicação, quando o veículo atolou próximo do quilômetro 440. Ao tentar atravessar a rodovia para pedir ajuda, o aposentado acabou atingido por um veículo.

O aposentado chegou a ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas morreu ainda no local, vítima de traumatismo craniano. Segundo patrulheiros, o corpo do homem foi levado ao Instituto Médico Legal (IML) de Araranguá. O motorista do carro que atropelou Fortes fugiu do local sem prestar socorro.

Na tarde de ontem, a polícia registrou outros dois acidentes na rodovia. O primeiro envolveu um automóvel Fiat Siena. De acordo com a PRF, o motorista do carro, Luiz Carlos Pereira, 50 anos, perdeu o controle da direção e capotou na altura de Maracajá. Instantes depois, os patrulheiros também atenderam uma colisão frontal entre um Fiat Palio, com placas de Criciúma, e uma Peugeout 307.