Concessionária já admite um pequeno atraso no início da operação nas três praças em construção no Paraná

Máquinas e operários trabalham desde o domingo para desobstruir as estrada catarinensesOs veranistas que optarem por passar alguns dias do próximo verão em cidades catarinenses ou em Guaratuba, indo pela BR-376, podem não ter de pagar pedágio ainda. As fortes chuvas que atingiram os municípios do Estado vizinho e as inúmeras quedas de barreira nas estradas que ligam os dois estados podem adiar o início da cobrança das tarifas. A concessionária que administra o trecho, Autopista Litoral Sul, informa que agora não há uma data certa para o início da cobrança, e é bem possível que haja um pequeno atraso.

Na semana passada, a Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT) autorizou a concessionária a iniciar a cobrança das tarifas em três trechos que cruzam o Paraná. A autorização não significa que as cobranças teriam início imediato, até porque as praças não estão totalmente prontas. A mais adiantada é a de Garuva, localizada na BR-101, entre Curitiba e Florianópolis. Mas como a situação é catastrófica na região, não há previsão para o início da operação.

A concessionária administra pouco mais de 382 quilômetros no trecho compreendido entre Curitiba e a capital catarinense. O motorista que utilizar o trecho vai encontrar cinco praças de pedágio bidirecionais, por onde estima-se que cerca de 365 mil veículos devem trafegar diariamente. O percurso compreende as BRs 101, 376 e 116. O valor a ser cobrado deve ficar em R$ 1,10 e pode ser corrigido com o IPCA, índice que mede a inflação.

A primeira cobrança acontece ainda no Paraná, no município de São José dos Pinhais, antes da Serra do Mar. Em Santa Catarina, serão outras quatro. Já no quilômetro um da BR-101, o motorista deve passar pela praça de Garuva. Logo mais a frente, no quilômetro 79, está a praça de Araquari, seguida da de Porto Belo. O último pedágio será em Palhoça, no quilômetro 220 da BR-101.

Atualmente, a BR-376 é uma alternativa ao motorista que vai a Guaratuba e quer escapar da cobrança do pedágio na BR-277 e da tarifa do ferry boat.

Trânsito liberado — Desde a madrugada de quarta-feira, o trânsito está fluindo novamente em todos os trechos da BR-376 e da BR-101, rodovias que ligam Curitiba ao litoral de Santa Catarina. Os pontos da pista no sentido Norte — Km 684 da BR-376 e Km 13 da BR-101 — que ainda estavam bloqueados na manhã de segunda-feira, foram liberados. A recomendação da Polícia Rodoviária Federal (PRF) é que a rodovia seja utilizada apenas em casos de extrema necessidade. Ainda havia risco de novos deslizamentos se continuasse a chover.