Em atendimento ao calendário nacional de ações a Polícia Rodoviária Federal inicia à 0 hora desta sexta-feira (27) a Operação Férias Escolares 2008.

A ofensiva prosseguirá até o dia 27 de julho e tem por finalidade fiscalizar o trânsito nas rodovias federais para educar, prevenir e reprimir infratores de trânsito e manter a normalidade do fluxo de veíulos e pessoas e aumentar as atividades de prevenção e repressão à criminalidade.

Justifica-se a realização da operação em epígrafe pois durante este período há um aumento considerável no trânsito de usuários, criando assim, ambiente favorável a prática de ações criminosas e ocorrências de trânsito.

Planejamento e Metodologia

O Núcleo de Inteligência intensificará e fornecerá de informações para o desencadeamento de ações focadas e específicas de combate à criminalidade em geral, principalmente contra assaltos a ônibus com o objetivo de preservar a ordem e a incolumidade das pessoa”, diz um trecho do documento sobre a operação.

A Operação Férias Escolares é nacional e tem a coordenação do Núcleo de Operações Especiais – NOE, que deslocará equipes para atividades específicas planejando e execução de operações temáticas voltadas para combater excesso de velocidade e ultrapassagens irregulares, assaltos a ônibus. Dentre os crimes a serem combatidos está a fiscalização para cumprir nova resolução federal que proíbe o uso de bebida alcoolica pelos condutores. Também serao usados um monitoramento à distância, pela CIOP/18, das atividades realizadas nas delegacias, postos e equipes de reforço. A Central de Informações Operacionais deverá receber do respectivo SPF, uma via dos cartões programas e realizar monitoramento, via rádio ou telefone, da localização das equipes, com uma periodicidade de no mínimo uma vez ao dia, durante todo o período da operação.

Logística

Serão empregados todos os recursos materiais disponíveis e necessários ao desenvolvimento eficiente das atividades, incluindo-se os recursos tecnológicos e de sistemas operacionais informatizados do DPRF.