Desde a última sexta-feira (05/03), até a meia noite de ontem (domingo, 07/03), a Polícia Rodoviária Federal registrou 25 acidentes nas BRs de Mato Grosso. 39 veículos e 76 pessoas se envolveram nesses acidentes. 12 pessoas ficaram feridas e 02 pessoas morreram.

No mesmo período, foram fiscalizados 2479 veículos, 41 veículos foram retidos por irregularidades, 06 usuários das rodovias receberam auxílio de viaturas em ronda, 08 pessoas foram detidas, 01 arma com 20 munições foi apreendida, 04 carteiras de motoristas foram apreendidas e 270 multas foram aplicadas.

A equipe da 2ª Delegacia da PRF, localizada em Rondonópolis, atendeu às 18h00 da última sexta-feira (05/03), no km 248,2 da BR 364, um acidente envolvendo um Toyota Bandeirantes e uma carreta. O Toyota, de propriedade da Cooperativa Mista Agropecuária de Mato Grosso, com placas JZJ 6590, de Juscimeira – MT, era conduzido por João Carlos Barbosa, de 35 anos. Ele colidiu frontalmente com o veículo Scânia T 113 H, placas LYV 2149/MS, conduzido por Marcos Casumi Tihara, de 34 anos. O motorista da carreta nada sofreu, o motorista do toyota não resistiu aos ferimentos e morreu no local do acidente.

Às 02h20 da madrugada do Sábado (06/03), a 7ª Delegacia da PRF, em Pontes e Lacerda, atendeu no km 470,7 da Br 174, um acidente envolvendo duas carretas. Uma Scânia R112 H, placas NBD 3840, de Cacoal-RO, conduzida por Marco Aurélio da Pandolfi Valotto, de 37 anos, e uma Scânia R142 MA 4X2, placas BWZ 5494, de Campo Grande – MS, conduzida por Ezequiel Adalberto Marques, de 34 anos. Ezequiel sofreu ferimentos graves. Marco Aurélio saiu ileso do acidente. Com ele viajavam, sua esposa Marielda de Melo, de 26 anos e a filha do casal Marilia de Melo Valoto, de 06 anos. A menor sofreu ferimentos leves. Marielda não resistiu aos ferimentos e morreu no local do acidente. O acidente aconteceu por falta de atenção de Marco Aurélio.

A BR 163, nos kms 669 e 701, entre as cidades de Nova Mutum e Lucas do Rio Verde, cuja pista cedeu devido a fortes chuvas, deixando a rodovia intransitável nos dois sentidos desde a manhã de Sábado (06/03), foi parcialmente liberada, com o trânsito permitido apenas para veículos leves e controlado pela PRF. Estiveram no local equipes do DENIT e da Defesa Civil. Embora o trânsito esteja fluindo parcialmente, a situação é crítica na região, uma vez que continua chovendo, o que dificulta o trabalho de recuperação da pista.

As 09h00 da manhã de Domingo (07/03), a Br 174 foi interditada no Km 342, próximo a cidade de Nova Lacerda-MT, por caminhoneiros que reivindicavam a recuperação da rodovia que está praticamente intransitável na região. Os manifestantes exigiam a presença da imprensa no local. Porém, após a chegada da PRF no local da manifestação, houve negociação e a pista foi liberada as 13h30. Nenhum incidente foi registrado pela Polícia Rodoviária Federal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui