Evento de inauguração será realizado com a participação da bancada federal que contribuiu para a execução da primeira etapa da obra

O prefeito Roberto Hashioka anunciou que em breve será realizada cerimônia de inauguração da primeira alça do Anel Rodoviário, obra muito importante para o município e que teve a sua primeira alça liberada para o tráfego recentemente. Hashioka irá receber o senador Delcídio do Amaral, deputado federal Antônio Carlos Biffi, o ex-deputado federal João Grandão e representante do Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes (DNIT) para a inauguração, que muito contribuíram para concretizar o sonho de realizar a primeira etapa da obra.

A primeira alça possui 5,16 quilômetros, com duas interseções, uma do trecho que liga Nova Andradina à Casa Verde, na rodovia MS 134, e outra no trecho da rodovia Alcides Sãovesso, que liga Nova Andradina a Batayporã.

Com a liberação desta primeira alça do Anel Rodoviário, estima-se que 80% do tráfego pesado foi retirado da área urbana. Antes da liberação, as inúmeras carretas que transportam a produção do norte do Estado, de Mato Grosso e Rondônia, e as que originam do Cone Sul do País, em direção a São Paulo e Paraná, passavam pelas principais avenidas de Nova Andradina, onde estão localizados o Fórum, centros de saúde, creches, escolas, praças, colocando em risco a vida das pessoas e dificultando a fluência do trânsito, fator determinante para que o prefeito Hashioka iniciasse sua peregrinação em busca de recursos para a realização desta obra para Nova Andradina.

O Anel Rodoviário começou a se tornar realidade no ano de 2002, quando o prefeito Hashioka esteve em Brasília e através dos esforços conseguiu colocar a obra na lista das beneficiadas com os recursos do Governo Federal. Sua peregrinação pelos gabinetes do Congresso Nacional surtiu efeito, quando conseguiu apoio do então deputado federal João Grandão, que, juntamente com o seu companheiro de bancada, deputado federal Antônio Carlos Biffi, e ainda com a ajuda fundamental do senador Delcídio do Amaral, consignaram emendas ao Orçamento Federal para iniciar a execução dos trabalhos.

A cidade de Nova Andradina, localizada em ponto estratégico, é vertente para o escoamento da produção do Estado. No entanto, o privilégio dessa posição geográfica foi por muitos anos esquecida, até que o prefeito Hashioka assumiu seu primeiro mandato, em 2001, e promoveu uma verdadeira revolução, através de ações que vem desenvolvendo o município, de forma ágil e eficiente. A obra, essencial para a infra-estrutura urbana do município, define a ousadia do prefeito Hashioka, na busca da consolidação de Nova Andradina como pólo regional.