O Programa de Sinalização nas Rodovias Federais – PRO SINAL já executou, em 2007, mais de 65% dos serviços de sinalização em todo o país. Isso significa cerca de 32 mil quilômetros de rodovias pintadas e 48 mil m² de placas instaladas.
O programa, lançado em 2006 pelo Departamento Nacional de Infra-Estrutura de Transportes – DNIT, tem como meta implantar, até julho deste ano, sinalização em 48 mil quilômetros de estradas brasileiras.

O PRO SINAL inclui a sinalização horizontal (pintura de faixas), a vertical (placas) e a colocação de dispositivos de segurança (tachas, balizadores e painéis de mensagens variáveis). Os serviços acontecem em todos os Estados da Federação e no Distrito Federal, com investimento total de R$ 275,3 milhões, com recursos do Orçamento Geral da União.

Os resultados do programa já podem ser notados em todo país. A última Pesquisa Rodoviária CNT, apontou a melhora nas condições da sinalização da malha federal, em relação ao ano de 2006. Em 2007, a pesquisa considerou em estado regular, bom ou ótimo, 71,1% dos 58 mil quilômetros avaliados, contra 59,9% no ano passado. O quesito ótimo foi o que teve mudança mais sensível: de 14,5% em 2006 para 18,6% neste ano.