As obras de contenção de erosões, tapa-buraco, limpeza e recomposição de aterros nas rodovias estaduais continuam sendo realizadas pelo Departamento de Edificações, Rodovias e Transportes (Dert). Nos dez distritos operacionais do órgão, há cerca de 100 homens prontos para atender às solicitações decorridas do período chuvoso. Em 18 de fevereiro, havia 21 trechos interditados. Hoje, a malha rodoviária estadual apresenta apenas 10 trechos interditados.

No Município de Arneiroz (CE-176), considerado um dos pontos mais críticos do Estado, o Dert já iniciou o processo de recomposição do aterro da ponte sobre o Riacho Mucuim. A operacionalização só foi possível com o uso de explosivos para dar escoamento da água pelo Jaguaribe. Os operários trabalharão por toda esta semana e, provavelmente o acesso ao Município deva ser concluído nos próximos cinco dias.

Já na CE-060, no trecho situado há 10 km de Minerolândia em direção à Mombaça, dia 8 de março, a chuva erodiu um lado da ponte, o que impossibilita a passagem de veículos pesados. O órgão está providenciando um desvio provisório em, no máximo dois dias, para dar passagem também a veículos mais pesados. Nos demais trechos, o Dert tem a preocupação constante em manter o tráfego de veículos, mesmo que de forma provisória.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui