Prejuízo pode superar R$ 70 mil, segundo proprietários

Uma quadrilha roubou do interior da empresa Benex Beneficiamento Têxtil (antiga Intepe), às 3h de domingo, 7, um caminhão-baú carregado com quatro toneladas de malha. Os proprietários da empresa, que preferiram não serem identificados, calculam que o prejuízo tenha sido superior a R$ 70 mil.

O paradeiro das malhas tingidas e cruas e do caminhão da marca Volkswagen, de cor cinza, placas MEK 2380, ainda é desconhecido. O investigador da Polícia Civil, Silvio Mariotti, revelou à reportagem do Jornal de Santa Catarina que as delegacias do Estado já estão informadas do acontecido para que seja solucionado o caso.

De acordo com o boletim de ocorrência registrado na Polícia Civil de Indaial, no Vale do Itajaí, os três suspeitos usavam capuz e dois deles estavam armados com revólveres. Com uma das armas foi desferido um golpe contra a cabeça do vigia Juliano Casas, 21 anos. Ele ainda foi obrigado a ajudar os assaltantes a carregarem o caminhão com rolos de malhas.

Quando os assaltantes terminaram o carregamento, o vigia foi amarrado com fita adesiva dentro da empresa, localizada na Rua Marechal Floriano Peixoto, no Bairro Estrada das Areias. Casas ficou imobilizado por volta de uma hora e meia, até conseguir se soltar e ligar para a Polícia Militar, que ficou sabendo do ocorrido às 5h.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui