O Departamento Nacional de Infra Estrutura de Transporte (DNIT) tinha a expectativa de flagrar cerca de 30 motoristas por dia, mas a média diária das multas aplicadas, depois da instalação das quatro câmeras em sinais na BR-101 Norte, em Carapina, está bem maior. São registradas mais de 700 multas diárias na região. Porém, o aparelho fica desligado de meia noite às 5h.

Além dos motoristas passarem com o sinal vermelho, também é comum os carros ficarem em cima da faixa de pedestre.

Os valores das multas variam de RS 85,00 e R$ 191,00. Mas os motoristas, que não queiram arcar com o prejuízo, podem tentar recorrer das infrações na Justiça. Para o advogado Anaildo Francisco Ferreira, especializado em recursos contra multas, a forma como as infrações são encaminhadas não é correta.

Devido ao grande número de multas aplicadas em Carapina, o DNIT pretende instalar mais radares no Estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui