Os motoristas que trafegam pela região dos Campos Gerais ganharam mais uma via recuperada neste início de 2007. As obras entre os municípios de Ponta Grossa e Palmeira (PR-151) foram finalizadas nos últimos dias com investimentos de R$ 3,5 milhões por parte do governo do Paraná, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER).

O secretário dos Transportes e diretor-geral do DER, Rogério Tizzot, informa que a obra nos 40 quilômetros é estratégica para o crescimento da economia da região e do Estado como um todo. “A via faz parte de um grande eixo que interliga as regiões Sul, Central e Norte do Paraná”, explicou.

“A estrada começa na divisa com Santa Catarina, em São Mateus do Sul, onde reativamos a pavimentação até o município catarinense de Três Barras, segue para São João do Triunfo e Palmeira, chegando finalmente até Ponta Grossa, um caminho livre em boas condições e livre de pedágio para a economia das regiões”, completou.

Ponta Grossa – Tizzot lembrou ainda que o município de Ponta Grossa tem recebido atenção especial do DER e grande volume de investimentos. No ano passado, foram entregues três rodovias recuperadas na região, facilitando o transporte dos produtos e insumos.

Foram inaugurados há pouco tempo os serviços de recuperação entre a cidade e o acesso ao Botuquara e a recuperação entre Ponta Grossa e Passo do Pupo (PR-513). Ao todo, foram 16 quilômetros de vias com condições de trafegabilidade restabelecidas, com investimento de mais de R$ 1 milhão.

Com a aplicação de cerca de R$ 3 milhões, foram entregues também os trabalhos de recuperação dos 15 quilômetros do acesso a Biscaia. O DER finalizou ainda a recuperação dos 16 quilômetros que ligam Guaragi à PR-151 (PR-438).

UEPG – O DER concluiu também os trabalhos de pavimentação no campus da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG). Os investimentos de R$ 170 mil são parte de uma parceria entre a instituição e a Secretaria dos Transportes. Como contrapartida, 22 funcionários do DER participam de um curso sobre Gestão Ambiental Rodoviária ministrado pela universidade.

As obras de pavimentação ligam a biblioteca do campus ao Setor de Ciências Biológicas e da Saúde (bloco M), com acesso interligando as futuras instalações do Laboratório Industrial de Medicamentos. As melhorias beneficiam diretamente os alunos e professores da universidade.