Erlanderson Barbosa de Carvalho, 30 anos, morreu após o carro que dirigia bater de frente com um caminhão, modelo Scanner, no Km 271 da Rodovia do Contorno, BR 101 Sul. O acidente aconteceu por volta das 21h20 de ontem, no bairro André Carloni, Serra. Erlanderson morreu na hora.

Segundo informações iniciais da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Carvalho seria responsável pelo acidente. O carro que conduzia, um Gol branco de placas MTH 9969, invadiu a contramão, sentido Cariacica-Serra, e bateu de frente com o caminhão placa MQX 7503, que vinha na direção oposta.

Com o choque, o Gol foi arrastado por 36 metros e caiu na parte lateral da pista, aberta para duplicação da rodovia. O caminhão só parou cerca de 70 metros após o local da batida. Ela foi tão violenta que um dos eixos do caminhão foi quebrado.

A frente do veículo que a vítima conduzia ficou destruída. Os bombeiros levaram cerca de 40 minutos para retirar Erlanderson de dentro do carro. Todo o teto foi aberto. Foram necessários quatro bombeiros para realizar todo o trabalho. Eles tiveram que esperar pela perícia da Polícia Civil por cerca de uma hora.

O local do acidente, apesar de pouco iluminado, era bem sinalizado. Mas a ultrapassagem, no exato ponto da batida, era proibida para o condutor do Gol.

O caminhão seguia de Colatina, Norte do Estado, sentido São Paulo, carregado com 430 sacas de café. O motorista dele, muito nervoso, não quis conversar com a imprensa. A PRF também não informou o nome dele.