Hoje, quinta-feira, é o Dia Nacional de Trânsito. Para comemorar a data, o Detran programou uma série de atividades durante a semana para trabalhar a conscientização de motoristas sobre os cuidados que se deve ter ao volante. Até o dia 25, agentes do órgão estarão distribuindo pela cidade material educativo sobre direitos e deveres dos motoristas. Domingo, moradores da Gávea, Copacabana e da Lapa receberão informações sobre os riscos de se ingerir bebidas alcoólicas antes de dirigir. Bafômetros estarão à disposição do público para testes na Barra da Tijuca, na Lagoa e no Piscinão de Ramos.

– O que está em jogo nas ruas é a necessidade de preservação da vida. Precisamos promover uma modificação positiva da cultura para o trânsito – disse o presidente do Detran, Hugo Leal.

As crianças também são alvo da campanha. Domingo, das 10h às 17h, na Lagoa, funcionários da Coordenadoria de Educação vão alertar a garotada – utilizando jogos e brincadeiras – sobre a importância do uso do cinto de segurança, inclusive no banco traseiro. Enquanto os filhos brincam, os adultos vão receber folhetos explicativos e orientação dos agentes sobre o Código Nacional de Trânsito. Além disso, um aparelho em forma de rampa vai simular para o público colisões a 40 km/h.

– Uma das prioridades do Detran do Rio, durante esta semana, é enfatizar o uso do cinto de segurança no banco de trás e lembrar a necessidade de o usuário fazer a inspeção veicular anual – enfatizou o coordenador de Educação do órgão, Gilberto Cytrin.

O objetivo maior da campanha é reduzir o número de acidentes de trânsito no Estado. No primeiro semestre, 7.466 ocorrências foram registrados em rodovias estaduais e federais do Rio – com 311 mortos e 4.281 feridos. Na comparação com os dados do mesmo período do ano passado, o número de vítimas fatais aumentou – são 64 a mais em 2003 – e a quantidade de acidentes cresceu cerca de 30%. As informações são da Polícia Rodoviária Federal e do Batalhão de Polícia Rodoviária da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui