A Secretária Municipal de Transportes e Transito da Capital – Semtran, Engenheira Fernanda Moreira, em entrevista, hoje, 08, ao meio dia, no Programa A Voz do Povo, apresentado pelo jornalista e advogado Arimar Souza de Sá, anunciou uma série de mudanças no trânsito de Porto Velho, com vistas a maior fluência dos veículos.

Segundo Fernanda Moreira, em todo o Estado de Rondônia só existe um profissional na área de engenharia de tráfego e este é integrante do quadro funcinal do município de Porto Velho. Observou, no entanto, que, devido essa carência as ações são implmentadas a longo prazo. “Os trabalhos corriqueiros nos cruzamentos, vias preferenciais, sinalização em locais críticos como as áreas escolares, são executados diariamente” enfatizou.

Ela admitiu que apenas o trabalho desse profissional, não é o suficiente, mas que tem tentado atender a demanda dividindo as tarefas entre as equipes. “Temos equipes permanentemente fazendo o monitoramento do trânsito. Basta observar no dia a dia nas principais Avenidas e Ruas, que você vê gente fazendo levantamento nas áreas de maior movimento para atender as necessidades”.

Trevo do Roque

A secretária explicou ainda, que o Trevo do Roque localizado na BR, principal ponto de gargalo do trânsito, é um eixo formado por duas rodovias, a BR 364 e a BR 319, e que passa por obras de duplicação causando transtorno a quem trafega naquele trecho. “A todo instante centenas de veículos utilizam aquela rodovia. São carros, carretas, caminhões, ônibus etc, e é quase impossível que não aconteçam engarrafamentos”, observou.

Viaduto

De acordo com a secretária, Fernanda Moreira, o município já contratou um projeto para implantação de viadutos para o município de Porto Velho. “O viaduto é o recurso que se usa para separar o transito da BR por onde trafegam veículos pesados do transito urbano. É um projeto muito caro e a Prefeitura não tem condições de arcar com recursos próprios, a feitura dessa obra. Então elaboramos um projeto e ele encontra-se hoje no DNIT, para análise que está em busca de recurso para sua execução”, ressaltou.

Crescimento da frota de veículos

Segundo ela, o crescimento da frota de veículos neste ano, em relação ao ano passado, teve um acréscimo de 12%. “Hoje a frota da capital é composta de 126 mil veículos. A cada mês entra mais ou menos 1000 veículos, entre carros e motos”.

Mudanças em Avenida

Fernanda aproveitou a audiência do programa para anunciar mudança no tráfego da Avenida Calama. Segundo ela, facilitará o acesso ao Shopping que está próximo de inaugurar. “A Avenida Calama será transformada em mão única. Hoje todo grande empreendimento, com acima de 500 m2, antes de receber o alvará para construção, passa pela Semtran. No projeto é analisada a questão do impacto que o empreendimento vai gerar no trânsito”.

A titular da pasta municipal de Transporte e Trânsito adiantou que a Avenida 07 de Setembro será aberta na altura da Jorge Teixeira, no sentido bairro e aproveitou para anunciar a construção de uma ciclovia na Avenida Caúla, com avenida Mamoré, zona leste da cidade.

Ciclovia

Indagada por um ouvinte porque a Capital dispõe de apenas uma ciclovia a secretária explicou que as obras de ampliação na Rua Cahúla com a Avenida Mamoré está no projeto a criação de uma ciclovia de 6 km. “Sei que é preciso muito mais ciclovias espalhadas pela cidade, mas infelizmente, trabalhamos com os recursos que temos”, finalizou.