As obras de recuperação da Ponte Velha, na cidade de Itabaiana, serão realizadas no início do próximo ano, depois dos levantamentos de custos e de sua inclusão na programação orçamentária. Foi o que garantiu, nesta quarta-feira (1), o superintendente do Departamento de Estradas e Rodagens (DER), Inácio Bento de Morais Junior. Ele explicou que o retardamento da sua restauração ocorreu por causa de prioridades emergenciais em municípios do interior durante o período das chuvas.

Além da Ponte Velha, Itabaiana conta com outro caminho de acesso, inaugurado há seis anos e em perfeito estado de conservação. Entre as prioridades apresentadas pelo superintendente do DER por conta da gravidade da situação e as conseqüências para população, está a recuperação das pontes da Batalha, em Santa Rita, na área da Várzea do Paraíba, e do Boi Morto, em Aparecida, no Sertão.

Segundo Inácio Bento, toda concentração de esforço foi para as duas outras pontes destruídas pelas chuvas para não prejudicar ainda mais a população destas cidades, inclusive no tocante ao deslocamento da produção agrícola e de alunos para as escolas.