As polícias rodoviárias Federal e Estadual avaliaram o final de semana como tranqüilo em Santa Catarina. Havia a expectativa de que o trânsito poderia se complicar, graças aos turistas que decidiram esticar o Carnaval até ontem. Durante a tarde, formou-se congestionamento apenas no trevo de Santo Amaro da Imperatriz, no trecho Sul da BR-101, onde a PRF realizou sua operação padrão.

Seis pessoas morreram em acidentes nas rodovias catarinenses durante o final de semana. Na madrugada de ontem, houve um capotamento no km 194,2 da BR-101, em Biguaçu, na Grande Florianópolis. Por volta das 4h20, Cesar Ternes Leal, 54 anos, perdeu o controle do Citroen Xsara CVT-4762 (Florianópolis). O motorista morreu no local.

Outro acidente com vítima ocorreu durante a tarde de sábado, na BR-280, km 50,3, em Guaramirim, região Norte do Estado. O abalroamento transversal envolveu a moto Honda CG 125 MCC-1832 (Guaramirim) e o Gol LYM-4449 (Blumenau). O motoqueiro Alcir Antunes, 38 anos, morreu.

Também no sábado, uma pedestre foi atropelado no km 1,9 da BR-282, em Florianópolis. Por volta das 12h30, Lindinalva Alzira Bezerra, de 65 anos, foi atingida pela moto Suzuki MFK-1910 (Florianópolis) e morreu no local. A moto era conduzida por Thiago Vieira, que não se feriu.

No km 73,7 da BR-153, em Irani, o motorista João Antônio Dias Salgado, 44 anos, morreu no capotamento de seu caminhão. O ciclista Oscar João Borges Pereira, 43, morreu ao bater atrás de um caminhão no km 117 da BR-101, em Itajaí. No km 72,7 da BR-470, em Indaial, um Monza de Indaial e um caminhão de Joinville bateram de frente. O motorista do Monza, Sílvio Jacomeli, 42 anos, morreu.

No centro de Corupá, na manhã de sábado, Luciano Hackbart, de 11 anos, morreu atropelado por um caminhão carregado de toras de madeira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui