Agentes de Tributos Estaduais do Posto Fiscal Flávio Gomes (saída para Rondonópolis), durante fiscalização nesta quarta-feira (17.09), apreenderam três carretas carregadas de milho à granel, com Conhecimentos de Transportes Rodoviários de Cargas “calçados”, ou seja, com diferença de valores entre a 1a. e a 3a. via, visando fraudar o fisco estadual.

Após verificação dos documentos fiscais, os agentes constataram que os Conhecimentos de Transportes Rodoviários de Cargas estavam com diferença de valores. A 1a. via, do tomador, registrava o valor real, sendo que a 3a. via, do fisco de origem, estava preenchida com valor menor para efeito de recolhimento de ICMS.

O produto foi carregado em Lucas do Rio Verde (MT) pela empresa Brasil Central Transportes e Comércio, com sede no Distrito Industrial, em Cuiabá, com destino à empresa Frango Sertanejo Ltda, em Guapiaçu (SP).

Ainda na quarta-feira, os motoristas dos caminhões foram encaminhados para a Delegacia de Polícia Fazendária da Secretaria de Estado de Fazenda para prestarem depoimentos.

Antes de serem liberados, pagaram uma quantia superior a R$ 7 mil de diferença de imposto de um conhecimento para outro, que não tinha sido recolhido aos cofres do Estado.

Quanto ao proprietário da transportadora, o mesmo vai responder por crime contra a ordem tributária, visto que estava tentando burlar a fiscalização estadual.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui