Dando continuidade ao Programa de Recuperação de Rodovias do Departamento de Estradas de Rodagem (DER/AL), o governador Teotonio Vilela Filho inaugurou, na manhã desta segunda-feira, mais 6,15 km de estrada restaurada na rodovia AL-145, no trecho entre Delmiro Gouveia até o entroncamento com a BR-243, no povoado Maria Bode, no Alto Sertão alagoano.

O governador destacou a importância dos investimentos rodoviários na região, segundo ele uma prioridade de seu governo, que tem possibilitado a integração e o desenvolvimento da região sertaneja, lembrando que ao longo de sua vida política no Senado Federal sempre priorizou as ações para criar as condições de convivência do sertanejo com a seca.

Segundo o diretor-presidente do DER, Ronaldo Lopes, a inauguração de mais este trecho de rodovia, onde foram investidos R$ 2.567.692.59, atende a um pleito das lideranças políticas e de todos que trafegam desde o Alto Sertão até a capital, lembrando que a situação desta estrada era uma das mais críticas da malha viária estadual, inclusive com registro de acidentes com vítimas por conta da situação precária em que se encontrava a estrada.

Investimentos

No governo de Teotonio Vilela o DER já conseguiu recuperar quase 70 quilômetros de estradas nas regiões do Agreste e do Sertão, sendo 27 km entre Olho d’Água do Casado a São José da Tapera; mais 27 km entre Olho d’Água das Flores e Batalha e mais 8 quilômetros de recuperação de pontos críticos na rodovia AL-220, entre São Miguel dos Campos e Arapiraca, além do trecho de 6,15 km da AL-145 inaugurados nesta segunda-feira.

“De julho a dezembro deste ano tivemos uma queda de mais de R$ 5 milhões nos repasses dos recursos oriundos da Cide (Contribuição sobre Intervenção no Domínio Econômico), que são os recursos utilizados no nosso Programa de Restauração de Rodovias, por conta do decreto assinado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva diminuindo os valores das alíquotas que incide sobre as vendas de combustíveis”, disse Ronaldo Lopes. “Mesmo assim, conforme determinação do governador, estamos dando prioridade à melhoria de nossas estradas, readequando os projetos rodoviários do órgão”.

Em 2007, os recursos oriundos da Cide foram de R$ 19 milhões; já em 2008 o repasse caiu para R$ 14 milhões e a estimativa para 2009 é de uma redução maior – R$ 12 milhões. Diante desse cenário, o diretor-presidente do DER ressaltou o empenho do Governo do Estado junto à bancada federal, que vem defendendo recursos importantes de emendas para os projetos rodoviários.

“Das seis emendas de bancada para serem aprovadas no orçamento de 2009, cinco contemplam rodovias”, disse Ronaldo Lopes, acrescentando que governo está trabalhando para garantir o empenho das emendas parlamentares deste ano, que somam R$ 62 milhões, além das emendas individuais, totalizando recursos da ordem de R$ 70 milhões a serem investidos nas rodovias alagoanas.