Em Santa Catarina houve seis mortos nas estradas, e no resto do país ocorreram duas tragédias
A BR-101 foi palco de mais um fatal atropelamento de pedestres no final de semana. Desta vez, duas pessoas morreram num único acidente e uma terceira permanece internada no Hospital Regional de São José.
Altacir de Andrade, 40 anos, conduzia o Kadett que atropelou as três jovens e saiu ileso. Ao todo morreram seis pessoas vítima do trânsito no final de semana em Santa Catarina.
O atropelamento que matou Flaviana de Campos Bittencourt, 24 anos, e Graciela Cardoso, 21 anos, ocorreu por volta dos 30 minutos de domingo, no quilômetro 198, em Biguaçu. Elas moravam em São José, na Grande Florianópolis.
Lucia Helena Fernandes foi levada para o Hospital Regional e ontem à tarde demonstrava momentos de lucidez.
Ainda no domingo, uma colisão frontal no quilômetro 353 da BR-101, em Jaguaruna, sul do Estado, matou Idair Lauro da Silva, 27 anos. Idair Silva estava no Fusca que se choucou com um caminhão dirigido por Zeferino Fagundes, 44 anos, e que saiu ileso.
José Augusto de Jesus, 23 anos, morreu na madrugada de domingo depois que o Fusca que dirigia colidiu em uma árvore. O acidente ocorreu por volta das 3h no quilômetro sete da SC-439, município de Painel, no Planalto Serrano.
O motoqueiro Pedro Gonçalves de Menezes, 23 anos, morreu sábado, por volta das 10h30min, na Rua 28 de Agosto, no bairro Avaí, em Guaramirim, após bater de frente contra um poste de iluminação pública.
A vítima tentou desviar de um veículo Uno, com placas de Guaramirim, que trafegava no sentido contrário da pista.
Como não teve tempo suficiente para executar a manobra, colidiu no poste.
Pedro Menezes foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros de Guaramirim, mas morreu antes de chegar no Pronto Socorro do Hospital Santo Antônio.
Também no sábado, um acidente às 13h50min na SC-302, quilômetro 300, em Ituporanga, matou o menino Robson Alves Da Rosa, três anos.
A criança residia em Florianópolis e foi atropelada por um automóvel Gol conduzido por Marcio Ern

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui