A venda de caminhões no Brasil no primeiro bimestre do ano foi a maior desde 1981. Os executivos do setor apontam a demanda de transporte na agricultura como principal fator do crescimento.

Mas, apesar do desempenho positivo, o volume vendido entre janeiro e fevereiro – 10.976 unidades – ainda ficou 26% abaixo do total de 23 anos atrás, quando o mercado brasileiro absorveu 14.843 caminhões no mesmo período, segundo a Anfavea. Num país em que mais de 60% das cargas seguem por rodovias, a idade média da frota de caminhões chega a 15 anos.

No mercado externo, a recuperação da Argentina ajudou a Volkswagen Caminhões e Ônibus a exportar mais. O país vizinho já comprou 600 dos 1.100 veículos que serão vendidos pela montadora no exterior no primeiro trimestre. O volume total de exportações da Volks Caminhões nesse trimestre será mais que o dobro do que no mesmo período do ano passado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui