O apelo do fim iminente da redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) não evitou a queda nas vendas de veículos em fevereiro. Segundo a Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), as vendas caíram 11,3% em relação a fevereiro de 2003 e 2,5% em relação a janeiro.

No mês passado foram vendidas 104.785 unidades. A queda reflete o menor número de dias úteis de fevereiro. As vendas do mês passado foram as menores desde agosto de 2003, quando a redução do IPI fez os preços caírem 3%.

Porém, a indústria automobilística teve a melhor produção para um mês de fevereiro. Foram produzidas 154.582 unidades, superando a melhor marca até então para o mês, registrada em 2003 (154.500). Ricardo Carvalho, presidente da Anfavea, explica que a indústria repôs estoques para o mercado interno e detectou aumento nas exportações.

Exportação de máquinas agrícolas dobra receita

– Foi um mês bom num período tradicionalmente ruim. Janeiro e fevereiro são, historicamente, ruins – disse.

No primeiro bimestre, a indústria automobilística exportou o equivalente a US$ 940 milhões, 52,9% a mais do que em igual período de 2003. Em fevereiro, o valor exportado pelo setor foi de US$ 466 milhões, 31,5% superior aos US$ 354,9 milhões de fevereiro do ano passado.

Os ganhos com exportações da indústria brasileira de máquinas agrícolas mais que dobraram em fevereiro, na comparação com o mesmo mês de 2003. A receita com as vendas externas atingiu US$ 142,8 milhões, alta de 103,4% em relação ao mesmo período do ano anterior (US$ 70,2 milhões). De acordo com a Anfavea, esse expressivo crescimento ocorreu devido à conquista de novos mercados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui