O operador de máquinas Marcos Roberto Domingues, 28 anos, e Marina Aparecida Lopes, 21 anos, que estava grávida, são as vítimas fatais do acidente ocorrido na tarde de sábado no quilômetro 83 da rodovia Raposo Tavares, perto de Brigadeiro Tobias. Elas estavam no Monza, placas BYC-0171, de São Paulo, que foi colhido pelo jeep Explorer, placas CAV-4455, de São Paulo, que vinha no sentido Mairinque-Sorocaba e invadiu a pista contrária.

No Monza também viajavam os irmãos Elisângela de Barros, 23 anos, e Paulo Roberto de Barros, 27 anos, que por estarem do lado direito do veículo, se feriram com menor gravidade. Outro irmão deles, o promotor Alexandro de Barros, que vinha em outro veículo, presenciou o acidente.

De acordo com o que foi apurado, o acidente ocorreu por volta de 16h, quando o condutor do jeep, o comerciante Anderson Luiz Barbosa, 26 anos, teria perdido o controle de direção ao fazer uma curva. No momento do acidente chovia bastante.

Com o impacto da colisão, o Monza foi jogado para o barranco, causando a morte ainda no local do Marcos Domingues, que o dirigia, e de Marina Lopes, que estava no banco traseiro, bem atrás do motorista. No banco dianteiro do passageiro estava Elisângela, e Paulo Roberto estava no lado direito do banco traseiro. Elisângela e Paulo Roberto foram socorridos, respectivamente em Alumínio e Pronto Socorro do Hospital Regional de Sorocaba. O motorista do jeep não sofreu ferimentos.