NOVIDADES: modelos da Honda CBR 1000RR Fireblade e CBR 1000RR Fireblade SP receberam uma alteração na versão 2019 que otimiza a ação do ABS em freadas extremas, reduzindo sua atuação e melhorando estabilidade e performance. Fotos: Divulgação

Extensa atualização realizada em 2017 vem, ano após anos, recebendo aperfeiçoamentos. O foco foi trazer aos modelos de série a tecnologia adquirida pelo Team HRC no MotoGP

Os modelos da Honda CBR 1000RR Fireblade e CBR 1000RR Fireblade SP receberam uma alteração na versão 2019 que otimiza a ação do ABS em freadas extremas, reduzindo sua atuação e melhorando estabilidade e performance.

De acordo com a Honda, a novidade para ambos os modelos Fireblade é o sistema Wheelie control atuar independentemente do HSTC. Isso permite ao piloto escolher um grau de ação baixo do HSTC, para utilizar a derrapagem controlada como instrumento de performance.

Ainda de acordo com a montadora, na versão anterior quando HSTC atuava em conjunto com o Weelie Control, na hipótese de deixar em grau baixo o HSTC implicava no levantamento exagerado da roda dianteira em aceleração, o que com a separação dos comandos não mais ocorre.

PREÇOS: A Honda informou que a CBR 1000RR Fireblade e a CBR 1000RR Fireblade SP têm preços público sugeridos de R$ 71.390,00 e R$ 81.590,00 (base Estado de São Paulo).

Como nas RC213V-S, a CBR 1000RR Fireblade se vale de painel de cristal líquido TFT colorido para informar ao motociclista. São três os modos do painel: Street, Circuit e Mechanic – cada um com as informações mais relevantes para cada função específica.

Em Street, os modos de pilotagem (1-3 e USER 1-2) mais as configurações de cada parâmetro – P (potência), T (HSTC) e EB (Freio de Motor Selecionável). O modo Circuit acrescenta, além do modo Street, tempo, número de voltas e diferença da melhor volta. O Mechanic exibe o tacômetro digital, a posição da engrenagem, o ângulo de aderência, a temperatura do líquido arrefecedor e a voltagem da bateria.

Quanto aos modos de pilotagem predefinidos eles são: Track (1), Winding (2) e Street (3) que oferecem diferentes combinações do HSTC, potência do motor e nível de freio motor. O modo de pilotagem 1 (Track) dá potência total, com resposta linear do acelerador, baixa intervenção HSTC e EB. O modo 2 (Winding) controla a saída da primeira para a terceira marcha, com um aumento de potência bastante moderado, HSTC médio e EB forte. O modo 3 (Street) controla a saída da primeira à quarta marcha, com aumento de potência moderado, HSTC alto e EB forte.

Nos dois modos USER, todos os parâmetros podem ser combinados e ajustados livremente. Os modos de pilotagem e o HSTC podem ser alterados durante a condução com o interruptor no punho esquerdo.

Preços
Quanto aos valores dos modelos, a Honda informou que a CBR 1000RR Fireblade e a CBR 1000RR Fireblade SP têm preços público sugeridos de R$ 71.390,00 e R$ 81.590,00 (base Estado de São Paulo).

As cores disponíveis são o vermelho para a CBR 1000RR Fireblade e vermelho para a CBR 1000RR Fireblade SP. A garantia é de três anos sem limite de quilometragem. Veja mais detalhes em: www.honda.com.br ewww.facebook.com/HondaBR

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui