Ministro Tarcísio de Freitas foi até o local para acompanhar os trabalhos de liberação da BR-163/PA, sentido Sul. Foto: Divulgação

Ainda é cedo para avaliar o trabalho do Ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, entretanto, é inegável que de todos que tiveram o poder de fazer acontecer, pelo menos desde que o portal Estradas.com.br surgiu no ano 2.000, esse vai para a estrada e conhece o mundo real.

Recentemente o Ministro  Tarcísio Gomes de Freitas, viajou de caminhão  para percorrer os 1.000 km da BR-163, desde a Serra do Cachimbo, até Santarém, no Pará. Essa é uma das principais rotas de escoamento da produção do Mato Grosso para o norte do país, até o Porto de Miritituba. Na ocasião ele conversou com vários caminhoneiros.

Por ter trechos ainda não pavimentados, a Rodovia BR-163 apresenta muita poeira em épocas de seca. Porém, na época de chuva, a rodovia é tomada por gigantescos atoleiros. Os caminhões chegam a ficar semanas presos no barro. A viagem do ministro fez parte da Operação Radar, que monitora a rodovia em tempo real.

Dias depois Tarcísio voltou para a pista e vistoriou os trabalhos no trecho não pavimentado entre Moraes Almeida e Novo Progresso, além do apoio oferecido pelo Exército à categoria dos caminhoneiros.

O contato com os caminhoneiros é fundamental porque eles vivem as consequências das más condições das rodovias. Apesar da simplicidade da maioria, os caminhoneiros tem mestrado em doutorado em estrada. Ouvi-los é sempre uma oportunidade de conhecer os problemas e os atalhos para as soluções dos mesmos.

Portanto, sair do mundo teórico para ver o que está acontecendo no mundo real é o primeiro passo para uma boa administração. Esperamos que o ministro continue percorrendo essa estrada e não fuja pelos atalhos, como tantos outros fizeram. E que os demais ministros do Presidente Bolsonaro tenham postura semelhante.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui