Mulheres estão assumindo o controle do trânsito mas é preciso aumentar sua presença Foto: Divulgação PRF da BA

Há poucos dias, a Seguradora Líder, que administra o DPVAT, divulgou o relatório “Mulheres no Trânsito” o qual revela que em 2019, das mais de 353 mil indenizações pagas por acidentes de trânsito, apenas 25% foram destinadas às vítimas do sexo feminino.

Não há dúvida que as mulheres são mais prudentes no trânsito, e esta é uma das razões, que motivam o coordenador do SOS Estradas, Rodolfo Rizzotto, no comentário desta semana, dizer que é fundamental aumentar a participação das mulheres no comando das políticas públicas contra a violência no trânsito. Ouça os argumentos clicando aqui:

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui