ESQUEMA ESPECIAL: Via Dutra (BR-116) terá esquema montado especialmente para o feriado prolongado de Corpus Christi, entre zero hora de quarta (19) e 24h de domingo (23). Foto: Aderlei de Souza

Tráfego deve aumentar a partir da tarde desta quarta-feira (19); motoristas devem evitar horários de pico

A Rodovia Presidente Dutra (BR-116), que liga São Paulo ao Rio de Janeiro, terá a partir desta quarta-feira (19) um esquema especial para receber o aumento no fluxo de veículos no feriado prolongado de Corpus Christi, entre a zero hora de quarta-feira (19) e às 24h de domingo (23).

A previsão da concessionária responsável pela rodovia é de cerca de 300 mil veículos deixando a capital paulista. Por conta disso, a empresa montou uma operação especial de orientação e atendimento aos motoristas e passageiros que utilizarão a rodovia no feriado.

De acordo com a concessionária, a operação contará com papa-filas nos pedágios, equipes extras do SOS Usuário em pontos estratégicos da rodovia, além de veiculação na rádio FM 107,5.

Nos trechos paulista e fluminense da rodovia, os picos de tráfego serão entre 14h e 21h de quarta-feira (19) e entre 8h e 14h de quinta (20). No retorno, o pico de tráfego será no domingo (23) entre 16h e 21h.

Trecho paulista

Devem deixar São Paulo pela via Dutra mais de 294 mil veículos, entre a zero hora de quarta-feira (19) e a meia-noite de quinta (20).

Saída de São Paulo (horários de pico):

Quarta-feira (19) – das 14h às 21h – previsão mais de 9 mil veículos por hora.

Quinta-feira (20) – das 8h às 14h – previsão de 7,4 mil veículos por hora.

Volta para São Paulo (horários de pico):

Domingo (23) – das 16h às 21h – previsão mais de 8 mil veículos por hora.

Trecho fluminense

Devem deixar o Rio de Janeiro pela via Dutra mais de 187 mil veículos, entre a zero hora de quarta-feira (19) e a meia-noite de quinta (20).

Saída do Rio de Janeiro (horários de pico):

Quarta-feira (19) – das 14h às 21h – previsão de 5,8 mil veículos por hora.

Quinta-feira (20) – das 8h às 14h – previsão de 4,9 mil veículos por hora.

Volta para o Rio de Janeiro (horários de pico):

Domingo (23) – das 16h às 21h – previsão de 4,1 mil veículos por hora.

Programação seu retorno

Os motoristas devem programar o retorno nos horários de menor fluxo de veículos, que será no domingo (23/6) nos trechos de São Paulo e Rio de Janeiro, antes das 16h e após 21h.

SOS Usuário

Para auxiliar os usuários durante a viagem, a via Dutra será inspecionada por mais de cem viaturas e 500 profissionais. Entre eles, médicos, agentes de atendimento pré-hospitalar e equipes de emergência, que estarão 24 horas à disposição dos usuários, em regime de revezamento.

Durante o feriado de Corpus Christi, a CCR NovaDutra colocará equipes extras do SOS Usuário em pontos estratégicos da rodovia, a fim de agilizar o atendimento nos dias com previsão de maior volume de tráfego, ou seja, na saída e no retorno do feriado. Haverá, ainda, reforço operacional nas praças de pedágio e realização de operação papa-filas, quando necessário, que consiste na venda de cupons nas filas das cabines. A CCR NovaDutra solicita aos motoristas que utilizem suas moedas no pagamento das tarifas de pedágio, a fim de facilitar o troco e colaborar com a fluidez do tráfego.

Atenção, obras na pista!

A Concessionária informa os trechos com obras 24 horas e restrição de tráfego. Nestes locais, o motorista deve reduzir a velocidade e respeitar a sinalização.

Trecho fluminense

Km 189,7 – Queimados – lançamento da viga de travessia da passarela. Na quinta-feira (20), das 20h à 0h, na pista sentido Rio de Janeiro, tráfego flui pelo acostamento somente no local da obra. Das 0h às 0h40 de sexta (21), haverá interdição total das pistas sentido Rio de Janeiro e São Paulo, para o lançamento da viga. Das 0h40 às 5h, haverá interdição da faixa da esquerda e direita, da pista sentido Rio de Janeiro, para a desmontagem do guindaste, com tráfego fluindo pelo acostamento.

Trecho paulista

Km 99 – Pindamonhangaba – serviços de demolição do antigo viaduto do trevo de Pindamonhangaba. As faixas de aceleração e desaceleração, em ambos os sentidos da rodovia, estão parcialmente interditadas para a realização dos serviços. O tráfego flui sem interrupções pelas faixas da direita e da esquerda.

Principais acessos da rodovia

Acesso a Campos do Jordão (SP)

No trecho paulista da rodovia, a Concessionária instalou faixas alertando os motoristas sobre a saída do km 117 da pista sentido São Paulo, acesso à Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro, que leva à cidade de Campos do Jordão (SP).

Acesso ao Distrito de Penedo e Visconde de Mauá (RJ)

RJ-163 – O acesso à Rodovia Doutor Rubens Tramujas Mader é realizado pela saída 311, em Itatiaia.

Acessos ao Litoral Norte Paulista

Tamoios (SP-099) – O acesso à Rodovia dos Tamoios é realizado pelo km 152 da pista sentido Rio de Janeiro, em São José dos Campos.

Oswaldo Cruz (SP-125) – Com o objetivo de orientar os motoristas sobre um acesso alternativo à Rodovia Oswaldo Cruz, que liga a Dutra a Ubatuba (SP), a CCR NovaDutra informará os motoristas sobre a possibilidade de utilizar a saída do km 112,5 da via Dutra. O acesso, na pista sentido Rio de Janeiro, também faz ligação à Rodovia Oswaldo Cruz, além da saída do km 111. Faixas foram afixadas na via Dutra. A ação conta com o apoio da prefeitura de Taubaté.

Informações aos usuários

Em situações de emergência, os usuários da da via Dutra podem ligar gratuitamente para o 0800-0173536, telefone que oferece informações sobre as condições da estrada 24 horas por dia, e que também pode ser utilizado para solicitação de socorro médico ou mecânico.

O motorista encontra ainda 804 telefones de emergência ao longo de toda a rodovia a cada quilômetro, nos dois sentidos. Informações: www.grupoccr.com.br/novadutra.

Controle de velocidade

Motorista, respeite o limite de velocidade e fique atento à sinalização. A concessionária e a Polícia Rodoviária Federal (PRF) fiscalizam a Via Dutra com radares móveis e radares fixos instalados em vários trechos da rodovia.

Localização das praças de pedágio e preços de tarifa

A CCR NovaDutra solicita aos motoristas que utilizem suas moedas no pagamento das tarifas de pedágio, a fim de facilitar o troco e colaborar com a fluidez do tráfego.

Trecho paulista

Km 204 – Arujá – bidirecional – R$ 3,70

Km 182 – Guararema Norte – unidirecional SP/RJ – R$ 3,70

Km 180 – Guararema Sul – unidirecional RJ/SP – R$ 3,70

Km 165 – Jacareí – bidirecional – R$ 6,70

Km 87 – Moreira César (Pindamonhangaba) – bidirecional – R$ 15,20

Trecho fluminense

Km 318 – Itatiaia – bidirecional – R$ 15,20

Km 207 – Viúva Graça (Seropédica) – bidirecional – R$ 15,20

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui