O produtor do grupo musical Bonde dos Playboys morreu ontem, quarta-feira (1º), em um acidente com o micro-ônibus da banda no trevo da BR-153 com a BR-365, em Monte Alegre de Minas, no Triângulo Mineiro. O veículo seguia com 12 pessoas de Aparecida de Goiânia (GO), onde fez o show do Réveillon, para São Paulo (SP). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), Rômulo Andrade Gonçalves, de 24 anos, morreu na hora. O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) de Ituiutaba e deve ser encaminhado para São Paulo.

A polícia informou que o veículo seguia na rodovia e ao fazer o trevo, no quilômetro 58, o motorista perdeu o controle da direção e o micro-ônibus tombou. Além do produtor, mais quatro pessoas ficaram feridas.

Três foram encaminhadas para Uberlândia e uma aguarda a transferência para a Santa Casa de Monte Alegre de Minas. Entre os feridos está o motorista do veículo, de 55 anos, que, segundo informações da Santa Casa, teve um corte profundo na cabeça. O estado de saúde dos transferidos não pode ser verificado, pois os nomes não foram divulgados.

O executivo da Five Music Anderson Higor, que gerencia a banda, informou que o vocalista e os músicos nada sofreram. Ele disse ainda que uma van saiu de São Paulo (SP) para buscar o grupo, que está em uma das cidades vizinhas, Uberlândia. Sobre os feridos, ele não soube repassar mais detalhes.

A Banda
O Bonde dos Playboys tem oito anos de estrada. A banda baiana é de Lauro de Freitas e tem escritório em São Paulo. Eles já somam cinco CDS e dois DVDs. Entre os destaques do grupo estão as músicas “Bora Véi” e “Tomar Mé”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui