Um grave acidente ocorreu no final da tarde desta terça-feira (09/06) na BR-365, entre o entroncamento da BR-040 e Varjão de Minas, na Região Noroeste do estado. Um micro-ônibus bateu de frente com uma carreta bitrem, na altura do quilômetro 297 da rodovia.

No micro-ônibus, além do motorista, viajavam 22 pessoasque seguiam de Guarujá, em São Paulo, com destino a Carira, no estado de Sergipe, a cerca de 112 km de distância da capital Aracaju. De acordo com os sobreviventes do acidente que ocupavam o micro-ônibus. Há a suspeita de que o motorista do veículo teria cochilado ao volante e invadiu a pista contrária, causando a colisão.

O acidente resultou em pelo menos quatro óbitos. Morreram os motoristas do micro ônibus, Genivaldo Siqueira Campos de 47 anos e José Raimundo Ribeiro de Souza de 47 anos. Além dos passageiros,  José Luciano Santos Silva de 31 anos e Maria de Lourdes de Jesus de 54 anos. Após a batida, a traseira do veículo de carga ainda atingiu um carro, que estava parado em uma estrada vicinal ao lado da BR-365, aguardando para entrar na rodovia. Nenhum dos quatro ocupantes deste terceiro veículo ficou ferido.As equipes da Polícia Rodoviária Federal, do Serviço de Atendimento Médico de Urgência e Emergência (Samu) e do Corpo de Bombeiros de Patos de Minas ainda estão no local prestando socorro às vítimas. Os socorristas também contaram com o auxílio de uma equipe de ambulância de São Gonçalo do Abaeté. Também foi acionado o helicóptero da Polícia Militar de Montes Claros, no Norte do estado.

A presença de dois motoristas revezando ao volante, numa viagem longa, como é o caso, anteriormente era ilegal mas agora é permitida pela Lei 13.103/15 e foi regulamentada pelo Denatran. Com isso, tanto em caminhões que disponham de leito atrás do banco do motorista, comos nos ônibus é permitido dois motoristas revezando ao volante por até 3 dias seguidos (72h).

DEIXE UMA RESPOSTA

Você digitou um endereço de e-mail incorreto!
Por favor, digite seu nome aqui